Perdi o Cabaço no Banheiro da escola – FINAL

Click to this video!
Autor

Oi povo, vocês ja me conhecem pelos meus contos anteriores, pra quem ainda nao me conhece, meu nome e Mirella, hoje tenho 14 anos. Bom, pra muitos infelizmente esse é meu ultimo conto.divirtam-se.
La estava eu como de costume, tentando marcar um programa em forma de carona pra escola, como esse era o ultimo dia de aula, então esse era o ultimo programa do ano. Chegou o dia Seguinte, como de costume esperei no local combinado, entrei no carro, chupei aquela rola maravilhosa, engoli a porra do moço como uma boa puta e ganhei 40 reais dele. Ele foi em bora e eu fui pro meu ultimo dia de aula, a aula foi tranquila, teve a festa de ultimo dia e as tradicoes de escrever o nome na blusa, eu fazia questão de deixar todo mundo assinar na minha, na hora da saida veio tres garotos do nono ano, perguntando se poderiam assinar na minha blusa e eu disse que sim, eles pediram pra mim seguir eles e eu fui, eles deram a entender que eu fui meio safada nessa hora, por que eu entrei no banheiro dos meninos, tirei a blusa da escola e dei uma canetinha pra eles assinar, um deles me agarrou por tras, pegando nos meus peito, o outro chegou ja tirando minha calça e jogou num canto qualquer, naquele momento eu estava com medo, eles colocaram o pau deles pra fora, eu ja ia pedindo pra nao comerem minha buceta, levei um tapão, o que tava me agarrando tirou minha calcinha e meu sutiã na forca. Eu ja estava nua num canto do banheiro, quando um deles comecou a passar a rola na minha boca e depois bombou com tudo, ele gozou e ja foi direto no meu cu e continou bombando, e eu sentindo um misto de dor e prazer nisso foi a vez do outro que me fez pagar um boquete enfiando tudo na minha garganta e depois comeu o meu cuzinho, nessa agora foi a vez do ultimo, ele nao me fez pagar um boquete nele, mas foi direto no meu cu, ele nem gozou e decidiu fazer o que eu nao queria, foi na minha buceta, na primeira bombada, eu senti meu cabacinho sendo arrancado, foi uma dor muito forte, só não consegui gritar por causa da mão dele na minha boca, mas eu tava chorando pela dor, ele bombava com tanta forca que doia a buceta nisso ele ainda gozou dentro, logo vieram outros dois e meteram a piroca ao mesmo tempo na minha buceta, a dor foi pior ainda, e eles também gozaram dentro. Assim que eles sairam, la estava eu, havia sido praticamente estuprada, mas o meu maior medo se confirmou dois meses depois. Eu estava gravida. Depois de saber da gravidez eu parei com minha vida sexual pra cuidar dos meus filhos (Esther e Matheus). E sim, eu sou uma adolescente que acabou engravidando.