O que a cachaça faz com a gente perdemos a compustura Parte III

Click to this video!

Ola amigo continuando as aventuras, depois que levei minha mulher na chácara do Alfredo e ela acabou sendo arrombada e meteu com cincos caras, ficou viciada a foder com mais de um homem, com eu descrevi ela e muito gostosa, uma bunda maravilhosa, saliente, carnuda, bundão mesmo, pernas grossas, seios de médios para grande, e nunca pensei que ela aguentasse tanta rola assim, adora dar o cu, depois que deu o cu para o caseiro não tem medo de pica não encara qualquer uma.

Já fomos varias vezes ate a chácara do Alfredo, mais ate a lagoa, meter com o caseiro, agora já levo um lubrificante para facilitar, e muito legal, eu adoro estas sacanagem, um Sábado fomos ate a lagoa metemos com o caseiro e fomos para uma chiboquinha que tem nas imediações tomar umas, ficamos bebendo o caseiro junto,. eu quando vou para lá agora levo um colchão inflável, minha mulher na chiboquinha um local retirado, ela ficou com uma saída de banho transparente onde mostrava bem a bunda pois estava de biquine fio dental, resolvemos brincar jogar bilhar, ela não sabe jogar mais tinha uns rapazes que começar querer ensina-la, e encochava ela, tinha dois dele, um negro que parecia ter uma caçeta grossa, o outro também era volumosa, acertamos a conta eu disse nos vamos dar um mergulho na lagoa depois a gente volta, a lagoa era por uma trilha as uns 200 metro dali, eu indaguei com o caseiro sobre os rapazes ele me disse tudo gente boa são vizinhos aqui, e fomos para a lagoa, foi eu o caseiro e ela, mais percebi que o caseiro comento alguma coisa com eles, numa sacola eu estava com o colchão e a bomba, cheguei lá fiquei enchendo o colchão, minha mulher foi dar um mergulho, já ja tinha ingerido bebidas já estava soltinha e doidinha para levar pica, eu enchendo o colchão.

Não tinha prestado a atenção ela entrou na lagoa pelada, os jovens apareceram um tinha uns 22 o outro uns 25, o negro era o mais velho, quando ela viu os rapazes me sai da água peladinha, nossa eu fiquei abobado pela atitude dela, joguei o colchão num canto debaixo de uma arvore ela veio e deitou-se eu tirei a sunga fiquei pelado e cai de boca na boceta dela, fiquei de quatro chupando a boceta dela, não acreditei um dos caras veio e começou a pincelar meu cu eu passei lubrificante ele socou a rola na minha bunda foi ate o saco, quando o negrão tirou a bermuda nossa não acreditei, uma jiboia preta grossa equiparava a rola do caseiro, deu para ela chupar, eu sai deixei ele com ela, ela dizia vem aqui vem mete esta rola aqui dentro, ele socou a rola na boceta dela, nossa ela vibrava, o cara gozou no meu cu, o caseiro veio meteu no meu cu também, eu de quatro, o rapaz foi na lagoa se lavou e voltou eu comecei chupar a rola dele que logo ficou dura, mandei minha mulher cavalgar na rola do negro e o cara meter no cu dela, nossa o negrão caralho demorou para gozar, o cara gozou no cu dela, ela pegou e sentou na rola do negrão que gozou no cu dela, só faltava o caseiro meter no cu dela, que acabou gozando também, se lavamos e vamos voltar para a chiboquinha.

Isso já era umas 18 horas já escurecendo, e tínhamos que voltar para casa, começamos a beber e comemos algumas coisa, minha mulher continuava com a saída de banho, transparente o dono do bar colocou umas musicas e começamos a dançar, o caseiro acabou indo embora os dois rapazes nem voltaram para o barzinho, acabamos ficando ali sozinho, eu dançando com ela, o dono do bar ofereceu uma cerveja por conta da casa, não tinha mas ninguém no bar aquela horas só nos três, o dono do bar pediu se podia dançar com ela eu disse fica a vontade, só via ele se esfregar nela, minha mulher como e safadinha deixou a saída de banho se abrir, ele se encostava no corpo dela, eu sei que o cara tirou a rola para fora e meteu no meio das pernas dela, ele falou qualquer coisa para ela, ela fez com a cabeça sim, ele deitou ela na mesa e afastou o biquine e socou a rola na boceta dela, eu cheguei perto e disse não vai gozar dentro, quando ele anunciou que iria gozar eu disse vai coloca aqui na minha boca, ele empurrou tudo ate o saco, quasse me engasguei tomei todo seu leitinho, nesta hora sem perceber entrou um cara que acho que viu alguma coisa,.

O dono do bar serviu outra cerveja por conta, ficamos ali conversando, minha mulher foi ate o banheiro, o cara que acabou de entrar no barzinho, mandou uma cerveja,para a mesa, eu disse pó assim não vale, então vem beber com a gente um homem de uns 45 anos boa pinta, veio ate a mesa, eu apresentei ele a minha mulher ficamos conversando ate que eu disse a minha mulher amor esta na hora de irmos embora, ele disse já toma mais uma eu sei que acabamos tomando umas 4 cerveja por conta, quando íamos embora ele disse para ali em casa para tomar uma, já no carro minha mulher disse vai amor para lá, na hora vi que era a casa onde mora o caseiro, ele era filho do dono da chácara, nos serviu umas cervejas e apareceu o caseiro, o caseiro disse para mim vem conhecer a minha casa eu fui deixei a mulher sozinha com o cara, lá o caseiro quis comer minha bunda, dei uma boa chupada e de quatro na beirada da cama ele socou aquela rolaça no meu cu, nossa que delicia, gozou gostoso, quando cheguei na casa escutei os gemidos dela ele socando a rola no cu dela, ficamos eu e o caseiro observando os dois meterem, ela gemia ele dizia isso sua vagabunda toma no cu, sua vaca, vou te arrombar todinha, ela dizia isso vai arromba mesmo, escutei ele perguntar aquele cara e seu marido mesmo, ela respondeu e sim, ele disse e um corno mesmo adora que a mulher de para outro macho, hoje você vai embora bem arrombada mesmo, e disse a ela olha o meu caseiro tem uma rola enorme muito grossa, deixa ele meter neste cu, mal ele sabia que ele já tinha metido com ela duas vezes, nisso o caseiro se fez presente ele chamou ele, mete nesta vagabunda este picão, quero ver você meter no cu dela, o caseiro meteu na boceta dela, e depois meteu no cu dela, o cara falava isso sua puta aguenta esta rola todinha no cu, eu entrei ele batendo punheta falo caralho eu gozar, eu cai de boca ele gozou na minha boca, ele foi para o banheiro o caseiro gozou no cu dela, quando tirou do cu dela,meteu na minha boca derramando o ultimo gozo na minha boca, eu chupei o cu dela esporrado nossa que delicia, ela foi tomar banho e fomos embora, o cara adorou deu o telefone para quando a gente fosse para lá ligar para ele mais isso e uma outra historia .

Gostaram, minha mulher esta pior do que puta de zona, mete muito e de graça, adora foder, e agora não se satisfaz com um homem só, quer mais de um e com o pau grande, assim a gente vai lá para os lados das chácaras e fode mesmo ninguém conhece a gente a gente vai naquelas chiboquinha não se conhece ninguém ela vai bem a vontade e provoca os piaõs
e tem uns piões bem dotado bem rude, uns nordestinos, que adora mulher e lá tem falta, as que tem lá são casadas, a gente aproveita, e maravilhoso.

Na próxima eu conto mais.