Meu pai me fudeu todinha

Click to this video!

Meu nome é Isa, tenho 16 anos, seios médios e uma bunda grande e redonda, sou loira e tenho olhos cor de mel esverdeado, resolvi contar uma experiência que aconteceu comigo quando eu tinha 14 anos. Meus pais se separaram quando eu tinha 5 anos, a partir disso, passei a viver a cada 6 meses, na casa do meu pai, e na casa da minha mãe.

Já estávamos no mês de agosto e eu estava indo para casa do meu pai, e particularmente eu não gostava muito, meu pai era alcoólatra e sempre saia de noite para beber, e só voltava de madrugada, bêbado e muito agressivo, e foi numa dessas madrugadas que tudo aconteceu. Era em torno das 4 da manhã e meu pai havia voltado do bar, ele estava muito bêbado e parecia que havia se drogado também, eu não conseguia dormir pois ficava muito preocupada com ele, e era impossível dormir com o barulho dos passos do meu pai, ele parecia que estava destruindo a casa.

Meu pai sempre foi muito bonito, ele tinha uns 36 anos na época, era jovem, moreno, com olhos verde clarinho e um corpo muito sarado, que era resultado de todas as suas idas na academia, ele era bem forte e bem alto, tinha pelo menos uns 1,85 de altura. Era impossível não notar a sua beleza, tanto que ele já havia até mesmo sido modelo quando mais jovem.

Meu pai estava muito bêbado aquele dia, eu fingia dormir, até que ouvi a porta do meu quarto sendo aberta com muita força, e o meu pai chegou perto de mim e começou a apalpar minha coxa, minha bunda e meus seios, tentei fingir o melhor possível, mas ai ele começou a esfregar os dedos na minha buceta, que a essa altura já estava toda molhadinha e quente, meu pai sabia que eu estava acordada, e então começou a esfregar os dedos mais rápido no meu grelo, e indo mais forte, até que eu dei um gemido bem gostoso e alto, pois não consegui me conter.

Ele me disse que eu era uma cachorra muito má, pois estava fingindo dormir, começou puxar meu cabelo, me chamando de cachorra gostosa, vadia e de todos os nomes possíveis, e me colocou deitada de barriga pra cima e subiu em cima de mim, e rasgou toda minha roupa.

Abriu o ziper de sua calça, e começou a esfregar e roçar seu pau grosso e gostoso ali na minha bucetinha que estava encharcada, ficou metendo de leve a cabecinha mas não tão forte, pois sabia que eu era virgem, eu coloquei a mãozinha em seu pau e comecei a masturbar ele bem rápido e gostoso, até que ele não aguentou e socou a pica dele bem forte na minha buceta de uma vez só, ele meteu tão forte que suas bolas bateram na minha coxa e fez um barulho muito alto, ele grunhia e eu gemia alto e bem gostoso enquanto ele enfiava o pau duro e grosso dele na minha buceta, era uma dor gostosa, e apesar de eu ser virgem não havia sangrado.

O pau melado e duro dele entrava e saia rápido, enquanto isso ele apertava o meu peito com força, enquanto o outro lambia e mordia o biquinho com muita vontade, me fazendo gritar e gemer alto, seu pau era muito grosso e muito grande, e ele metia tudo sem dó, socou até as bolas, acabava com a minha bucetinha toda e deixou ela toda melada com seu pau gostoso que socava forte sem parar.

Eu não parava de gemer, entretanto ele começou a socar com ainda mais força e ficava ofegante a cada metida que ele dava, seu pau latejava dentro da minha buceta gostosa, então percebi que ele havia gozado gostoso dentro, ele parou por um instante mas não tirou seu pau da minha buceta.

CONTINUAA………………….