Eu, meu irmão Digo e meu irmão Thi parte 3

Click to this video!
Autor

Olá
Bom gente depois que o Rodrigo tirou meu cabacinho, ele me fudia sempre, minha buceta já estava acostumada a engolir o cacete branco e grosso dele. Nessa brincadeira nós acabamos nós distraindo.
Meu pai viajou para uma conferencia de médicos em são paulo, e fiquei junto com meus irmãos, eu já estava com 10 anos e meu pai felizmente tinha terminado o relacionamento dele com a Sandra e ela parou de ir lá em casa, eu achei ótimo porque eu sentia que as vezes ela desconfiava de alguma coisa, falava que eu tava diferente, me perguntava se eu tava namorando escondido do meu pai, e uma vez ela quase pegou eu beijando o Digo, foi por pouco. Então achei ótimo ela parar de ir lá em casa, afinal a buceta é minha e eu dou pra quem eu quiser.
mas continuando meu pai viajou e eu fiquei com meus irmãos em casa, na sexta a noite, já que meu pai ia passar o fim de semana fora, e já tava tudo combinado pra mim ir no quarto do Rodrigo dá minha grutinha pra ele encher de porra, e foi o que eu fiz. só que o tesão tava demais e ele não trancou a porta, e eu tava de quatro recebendo a vara do meu irmão gostoso, quando o Thiago entra no quarto dizendo que ia sair, ele nem terminou a frase do susto que tomou: O que ta acontecendo aqui?eu não acredito no que eu to vendo Rodrigo e Laura
o Digo tentou acalmar ele, mas ele ficou muito bravo e pegou o celular pra ligar para meu pai, os dois começaram a brigar, um segura o outro, eu comecei a chorar pra eles parar, até que eu gritei: eu faço com você Thi!
eu sempre gostei muito dos meus irmãos era uma relação muito boa, não tinha aquelas brigas bobas, eles me protegiam. quando eu falei isso ele arregalou os olhos, e perguntou se eu tava louca, eu disse a ele que fazia qualquer coisa pra ele não contar, mas ele disse que não, então eu tive que ser mais dura, soltei o lençol que eu tava embrulhada fui em direção a ele, o Rodrigo tava segurando ele, eu abrir a calça jeans dele e peguei no pau mole, e comecei a punhetar, enquanto ele dizia que nós dois estávamos doidos e pecando, eu comecei a chupar o cacete dele, o Rodrigo segurava ele bem forte, e logo o pau dele ficou duro, e eu disse:
vem Thi me esse pau em mim, eu sei que você quer, olha como ta duro, você não precisa mais sair pra balada pra procurar ninguem pra fuder, eu to aqui fode ne mim.
O Digo soltou ele que ficou quietinho enquanto eu sentei na pica dele e comecei a tira a camisa dele e beijar ele, e rebolar bem gostoso,eu ia lá no talo da rola, já estava acostumada a sentir a rola no utero e ele começou a gostar e gozou tudinho na minha buceta.
Ele ficou sem graça, eu pedi o Rodrigo pra pegar papel, levantei me sequei e limpei o pau dele. fui em direção ao Rodrigo e comecei a beijar ele e abaixei pra mamar no pau dele até subir de novo, o thiago ficou olhando, eu fui pra cama e fiquei de quatro, e o Digo enfiou o penis no meu buraquinho, eu olhei com a cara de safada para o thiago e disse: minha boca ta doida pra receber leite seu vem aqui!
ele levantou tirou as calças, subiu na cama e ajoelhou e deu pra mim mamar, e ficamos assim nessa delicia de sexo, eu sentia a rola do Digo entrar bem forte na minha pepeka, logo o Thiago deitou pra mim chupar ele melhor, e eu babava naquela rola com minha boca, nos gemia bem gostoso nada muito alto, até que o Digo encheu minha buceta de leite, logo o thiago gozou na minha boca e eu fiquei ali engolindo gota por gota. delicia