Cruzeiro Marítimo de 28 Dias

Click to this video!
Autor

Em Julho deste ano 2017, eu e minha esposa, fizemos um cruzeiro marítimo por 28 dias. Visitamos França, Inglaterra e Itália.
Como o navio é uma cidade sobre águas, nos divertimos muito; com boates, festas, danças, piscina, academia, enfim, tudo que uma viagem marítima oferece ao pessoal a bordo.
Minha cabine, ficou de frente com um casal francês, ela muito bonita, ele muito gentil. No correr dos dias fizemos amizade, como eu só falo português e eles só falavam francês, nossas conversas eram prolongadas até o entendimento nosso com eles. Mais aos poucos fomos familiarizando e tudo foi ficando mais fácil. De manhã nós ficávamos na piscina e a tarde no cinema, no bar, etc. Minha esposa Priscila, começou a adorar aquela amizade com o casal francês ( Margot e Ives ). Ela chegou até a me dizer que o Ives, era por demais gentil e parecia um artrista de cinema, pela desenvoltura e beleza. Até fiqui enciumado. Certa tarde me deu um pequeno mau estar; dor de cabeça e estômago enjoado. Com isso, fui para a cabine, descansar e acabei dormindo por algumas horas, quando acordei, comecei a procurar a Priscila, e não a encontrava em local nenhum, foi quando voltei para a cabine, encostei o ouvido na porta da cabine do Ives e da Margot, e comecei ouvir vozes de mulheres bem ao fundo, devido a vedação das cabines. Resolvi bater na porta, quem abriu a porta foi a Margot, sendo que o Ives e a Priscila, se enrolaram nas cobertas, mais eu vi que os dois estavam pelados e fazendo sexo. Pensei na hora ( estou sendo corneado assim, meu pênis endureceu instantaneamente ). A Margot, me acalmou dizendo que na França, tal ato é normal, e me convidou para deitar na mesma cama, que só cabia dois, mais daquele momento em diante serviria para quatro. Ela Margot, já estava de biquine sem sutiã, bucetinha lisinha muito apetitosa, verifiquei olhando distante, o próprio Ives, depilou a bucetinha da Priscila, também. Não teve jeito, um meio em cima do outro, eu e a Margot, entramos num 69 infernal, eu nunca havia chupado uma mulher assim como eu fiz com ela. Gozamos os dois no mesmo instante, ela encheu minha boca com aquele líquido feito mel e, eu enchi a boca dela de leite do meu pênis. Ficamos os dois com o rosto grudento, mesmo assim, continuamos a nos beijar de língua, ela me masturbando e eu acariciando o clítoris dela. Pra variar o pênis do francês era maior que o meu, percebi isso quando a Priscila, com muito carinho abocanhou aquele mastro imenso, e chupou até ele gozar no rosto dela. A Margot, toda gentil, disse: gosto de pênis pequeno igual o dele, apontando para mim, porque não machuca a gente, já a Priscila, disse gosto de pênis grandão, igual do Ives.
Como o banheiro é pequeno fomos de um em um tomar banho e se livrar dos espermas e das lubrificações pelo corpo e rosto. O Ives, foi primeiro, aproveitei e na frente da Priscila, dei uma chupadinha na xaninha da Margot, e enfiei todo o meu pênis na buceta dela, rapidinho gozamos feito dois animais.
Daí a Margot, foi tomar banho e o Ives, comeu de novo minha mulher, que gemia e dizia que gostoso nunca senti tanta tesão e prazer assim. Com estas palavras ela estava me inferiorizava e me pisava em cima, meu pênis, pequeno mais estava duro querendo explodir, meus testículos começaram a doer, ao ver minha mulher dando para outro homem; que delicia ver, mais o pênis dele estava mole.
Bem depois de termos tomado banho, o Ives, nos convidou para fazermos uma troca. Ele ficaria com a Priscila, durante seis meses e eu ficaria com a Margot, também pelo mesmo tempo. A Margot, me abraçou e disse: eu quero, ela dizendo isso eu topei na hora. Fizemos troca de mulher por seis meses, a vencer agora em 27-12-. muito embora eu estando levando chifres da Margot, eu não vou destrocar, vou ficar com ela.
Acontece que na França, faz muito frio e aqui no Brasil. o calor é imenso, com isto, a Margot, fica o dia todo pelada, atende carteiros, os funcionários da portaria do apto, etc., sem nenhum pudor, as pessoas que visitam minha casa, saem de lá de pau duro, porque ele é bonita, muito bem feita e tudo em cima, corpo espetacular. Ela só usou shortinho nuns dias de frio
Todo dia vai pessoas nos visitar, tem aparecido até sapatão, e estas cantam ela na cara dura e na minha frente, mais a Margot, não topa, ela diz que o negócio com ela é homem mesmo.
Há uns vinte dias atrás, ela me confidenciou, que o vizinho do apartamento ao lado, vinha cantando ela sistematicamente, provavelmente por ver ela sempre nua, se eu permitia em ver ela transar com ele, que ela ficou de dar resposta por telefone, eu permiti.
Agora deste dia para cá, toda noite o Elcir, vem em meu apto e fazem de tudo, rolam na cama feito dois bichos e gozam 3, 4 vezes na minha frente e eu adoro isso. Dia 27 está chegando, por mim e pela Margot, não vamos destrocar.. eu vou continuar com ela e o Ives, que continue com a Priscila.