Bêbado, deixei a minha pequena ser abusada na minha frente 3

Click to this video!
Autor

Essa é mais uma estória (ficção), que eu trago a vocês. Ela é a continuação de: "Bêbado, deixei minha pequena ser abusada na minha frente". Divirtam-se.

Cada dia Henry perdia mais o juizo. Ele estava cada vez mais motivado em ver Afonso, seu amigo negão alto/forte e de 40 anos, atolando sua jeba dentro de Sam, sua filhinha de apenas 6 aninhos.

Afonso trabalhava com ele na fábrica. E todo dia eles se viam. Mas ultimamente Henry ficava de pau duro so de pensar que seu amigo queria penetrar sua meninina, branquinha e angelical, com aquele pauzao negro.
Mas tarde naquele mesmo dia, Henry manda sua filhinha ir pro banheiro que ele ia da um banho nela. Sam entrou no boxe e seu pai passou bastante tempo lavando sua xaninha pequenininha e seu cuzinho rosinha. Tanto lavou que já estavam ficando vermelhinhos.
– "Nossa sua pepequinha ta bem vermelha. Papai pode da um beijinho pra ela voltar ao normal, pode amorzinho?" E sua filhinha balança cabeça dizendo que sim. Então Henry começa a beijar aquela bucetinha logo que a pôs na cama. Henry beija com contade aquela bucetinha e não resistindo mais, começa a chupa-la. E continua – "Abre ela pra mim abre meu amor?". Então sua filha separa as bandas de sua bucetinha e Henry cai de linha nela, fazendo sua filhinha explodir de tesão. Então seu pai pergunta logo após – "Mais alguém ja tocou nela assim como eu tou fazendo meu amorzinho?". E rapidamente ela nega com a cabecinha. Seu pai da uma olhada para ela, da um sorrisinho safado e volta a dar linguada na bucetinha da sua filha, pensando consigo mesmo, mais que putinha sínica, nessa idade e já cara de pau. Então ele fecha suas perninhas, se levanta da cama, arranca suas calças revelando um pau duro, branco, grosso e todo babado e pergunta se ela que meter o pirulitão de morango do pai na sua boquinha. Mal ele termina de falar e Sam ja se levanta pegando ele com a maozinha e o põe na boca.
– "Isso filhinha, mama o pau do seu papai Mama. Mama tudinho ele minha princesa".
Henry então puxa a cabeça de Sam pra frente enterrado sua rola toda dentro da sua boquinha e começa um vai e vem delicioso. Um tempo depois Henry goza tão forte que metade do leite ela engole e metade transborda pela sua boquinha. Henry olha pra sua filhinha e da um sorrisinho safado. Sua filha tinha se transformado em uma verdadeira putinha

No final da semana seguinte, Afonso convida de novo os dois a irem a sua casa. Henry imagina que Afonso não ia esperar muito pra arrancar o hímem da sua filhinha. Afinal, na semana passada quase ele mesmo arranca. Ela não sabia o que fazer. Se dava sua filhinha de bandeja pro seu amigo deflora-la ou ele mesmo fazia isso. Então acaba decidindo…

Continua.