Meu Marido

Click to this video!
Autor

Olá
Nunca tive coragem de contar, mas desde os 12 anos que vivo como mulher, minha mãe teve 7 filhos, éramos muito pobre, chegou um dia que já não aguentou e decidiu dar os filhos eu sou a 4 filha apenas ficou com os mais novos. Eu fui para uma fazenda do ex patrão do meu tio, na época tinha 10 anos, não gostei muito da ideia as vezes chorava, senhor Manuel um homem de 37 anos era um homem bravo e rude, tds lá tinham muito medo dele, eu vivia na casa grande com ele, ele me botou na escola, deu comida e roupa. Nunca foi casado. Um dia desses após a janta estava no quarto quando ele chamou, pediu para mostrar os meus peitinhos que ainda estavam em formação ele viu e disse:
– Muito pequenos, daqui a pouco já crescem
Não entendi Nada, e toda noite fazia a mesma coisa, pegava, mamava. Depois de 2 meses naquela noite pela primeira vez tocou na minha xoninha que nem pêlos tinham:
– Mostra quero ver ela.
Levantei o vestido é ele viu, sorriu um bocadinho e daí começou o novo exercício, ele nunca me ameaçou, nem disse para não contar a ninguém, mas tds as noites mamava meus peitos e enfiava um dedo na minha xoninha, eu nem sabia o que significavá apenas obedecia. No natal daquele ano após a ceia Manuel pediu que fosse no quarto dele e fui, tinha uma cama enorme, deitamos juntos enquanto víamos TV, Manuel estava a fazer carinho na xoninha enquanto beijava meu pescoço e algumas vezes mamava meus peitinhos, foi então que depois ele pediu que abrisse mais as pernas, tirei a camiseta de dormir, foi a primeira vez que fiquei pelada, Manuel baixou e começou a chupar minha xoninha, comecei a sentir algo estranho é pela primeira vez aquilo estava bom, lembro que ficou lá por muito tempo, foi mamando e enfiava o dedinho, estáva mesmo bom! Depois subiu e beijos meus lábios, foi estranho, mas gostei. Dormimos bem agarradinhos, por volta das 4h da manhã estava a chover quando Manuel começou a enfiar o dedinho novamente, estava com sono, mas estava gostoso, abri minhas pernas, a velocidade foi aumentado não sabia o que estava acontecer, sei que a sensação era mesmo boa, pela primeira vez que soltei uns gemidos embora tímidos, porque não sabia mesmo o que era aquilo, minha xona ficou muito melada, Manuel me abraçou e voltamos a dormir, mais tarde quando acordamos perguntei o que era aquele líquido ele respondeu:
– Quando a mulher goza, sai este líquido.
Fiquei ainda mais confusa, e desde aquele dia que passamos a dormir juntos, Manuel me fazia gozar quase sempre. Naquela noite após gozar, vi um vulto.
– O que é isso?
– Meu Pau
– Pau?
– Sim vocês têm xona os homens Pau
– Eu sei, mas porque esta assim?
– Queres ver?
Ele tirou a mantinha e lá estava, media cerca de 19cm e era bem grossinho, fiquei estampada
– Ele fica assim quando o homem fica teso
– O que fazes com ele
– Um dia vai entrar na tua xona
– Mas é grande!
– Vai servir, queres chupar?
– Como?
Ele ensinou e comecei a chupar, tinha um gosto estranho, mas chupei, até sair o líquido branco.
– Que isso?
– O mesmo líquido que sai em vc.
– E é bom.?
– Não sei quer provar?
e passado o dedinho provei! E daí começou uma nova fase, nos chupavamos, beijavamos, lambiamos todas as noites e estava satisfeitíssima com sexo oral. Já com 12 anos os meus peitos maiores, até o corpinho estava bem formado, tomei banho, já de camiseta estava 3 dias sem ser comida pq Manuel estava viajando, ele chegou e começamos o de sempre, depois de chupar a xoninha ele beijou meu corpo td que estava quente de tanta tesao, mamou meus peitinhos, qndo decidi abrir mais as pernas porque o dedinho era milagroso e queria ele todinho dentro, depois Manuel começou a esfregar a cabecinha somente na entrada, fiquei com medo.
– Não vou enfiar só ficará mesmo aqui.
Para abrir mais as pernas bati na mão que estava apoiar ele desequilíbrou e o pau entrou todinho.
– Aiiiiiiiii- gritei de dor
Manuel ficou parado por um tempo, depois beijou meus lábios, até eu relaxar e começou o vai e vem devagarinho, começou a ficar gostoso abri mais as perninhas, Manuel começou a gemer e aumentou a velocidade, mas tarde rugiu como um touro e caiu em cima de mim. Depois abraçou e beijou. Tinha sangue na cama, a xona estava dorida!
– Entrou
– Sim, agora és uma mulher
E assim foi, Manuel me ensinou tudo sobre o sexo, nos comíamos a qlqr hora do dia, fazíamos posições muito boa na mesa era a minha preferida. Com 14h o período começou tivemos de ter cuidado, com 17anos engravidei e com 18 casei com ele. Hoje temos 4 filhos e sou super feliz com ele.