Dei Meu Cuzinho pro Zelador da Escola… “verídico”

Click to this video!
Autor

Olá meu nome é Natália “Nathy” para os íntimos, essa história aconteceu no final na minha adolescência quando terminei o ensino médio… tava com 13 anos
-já fazia uns seis anos que eu estudava naquela escola entrei lá quando tinha uns 8 aninhos era uma escola grande tradicional pelo ensino religioso rigoroso que aplicava, a escola era administrada por freiras então nossa farda sempre foi saia acima dos joelhos e blusa branca com botões na frente… Nesse tempo que estudei lá fiz várias amizades mas nunca namorei com ninguém na escola Pq era proibido namorar lá dentro… Além dos meninos da minha idade conheci também seu Antônio um dos zeladores da escola, conheci ele no mesmo ano que entrei na escola, ele um senhor muito divertido as meninas gostavam dele pela sua humildade é simpatia… Alguns anos passaram as meninas que eram apenas crianças foram crescendo e si tornando adolescente com os hormônios a flor da pele inclusive eu.. Kk. Nesse tempo as meninas deixaram seu Antônio meio de lado só queriam papo com os garotos da mesma idade delas… Seu Antônio já não era tão alegre como antes ainda mas quando sua esposa que já era casada com ele a vinte anos faleceu …seu Antônio passou então a ser um homem solitário e como as meninas que tanto lhe davam atenção cresceram agora ele só observava como elas tinham se tornado belas adolescente
… Isso que vou relatar aconteceu no último dia de aula, eu e algumas meninas resolvemos fazer uma festinha de despedida na nossa sala …tudo deu certo a festa foi ótima nos divertimos muito mas na hora de limpar a sala as meninas foram embora e eu fique limpando sozinha e nem pude reclamar, já que deixar tudo limpo era uma das condições para freiras deixarem a festa ser lá na sala… Tava limpando tudo quando ouço a voz de seu Antônio -Bruninha vc quer ajuda ai?
Eu – ai seu Antônio não quero atrapalhar seu descanso,
Ele – Que nada será uma prazer ajudar a menina mas linda dessa escola, eu apenas sorrir e disse – tudo bem seu Antônio as meninas me deixaram sozinha aqui então qualquer ajuda será bem vinda !! Começamos a limpar tudo deixamos a sala um brinco… Então seu Antônio fala – vamos levar essas vassouras e baldes lá pra salinha de limpeza lá atrás da escola Bruna… Eu peguei tudo e fomos pra lá… Tava um pouco suada e ofegante pela limpeza …chegando lá eu achei estranho quando seu Antônio rapidamente fechou a porta, quando me virei pra deixar a vassoura senti sua mão apertar meu bumbum me virei rápido -Seu Antônio o senhor está louco Pq vc fez isso, ele disse – Desculpa Bruna não deu pra resistir, faz anos que eu quero pegar nessa sua bunda e como hoje é o último dia de aula não ia ter outra chance, fiquei com medo Pq estávamos sozinhos ali e não quis brigar com ele … Ao invés disso tente me safar da situação conversando então perguntei.
Eu -Pq o senhor tinha esse desejo ?
Ele -Vi você crescendo vc ficou uma menina linda sempre quis pegar na sua bunda !!
Ate gostei de ser deseja mas não demonstrei… Então pensei que ia ficar só nisso né!!! Engano meu ele perguntou – posso pegar mais um pouco?… Tava tão assustada pela situação que achei que não tinha opção achei que deixando ele pegar ele deixaria eu ir logo embora…
Eu -Vou deixar só um pouco ta seu Antônio mas não conte pra ninguém depois que o senhor pegar o senhor deixa eu sair ta!!
Então me virei e ele começou a pegar na minha bunda fazendo uns movimentos bem carinhosos fui ficando excitada nem sabia direito o motivo de repente sinto sua mão entrando por baixo da minha calcinha nessa hora já tava meio fará de mim e acabei deixando…Seu Antônio não sabia mas eu era virgem ainda nunca tinha sentido aquilo antes nem tinha sido tocada daquela maneira não demorou muito pra calsinha ser baixada até minhas coxas e seu Antônio já não passava somente a mão mas beijava e passava a língua em toda minha bunda… Só ouvia seus sussurros dizendo. – nosso Bruna como sua bunda e gostosa vou passar a língua nesse cuzinho ta? Mal terminou de falar já senti sua língua na entrada do meu cuzinho lambendo como um louco… Como eu tava de costas não via o’que tava acontecendo atrás de mim… Mas ouvi seu zíper si abrindo, meu corpo todo estremeceu nessa hora então me virei rápido e falei.- Ja Ta bom seu Antônio já deixei o senhor passar a mão no meu bumbum falei pro meu pai que não ia demorar aqui na escola, mas ele tava com Aquela cara de velho tarado e me disse.-Calma bb agora que a brincadeira vai ficar boa eu sei que vc tava gostando.! Eu disse – ficar boa como assim???…Oque o senhor vai fazer agora já dei o’que o senhor queria. Calma bruninha só quer meter meu pau nessa sua bucetinha gostosa.. Me assustei com isso e disse.- Não seu Antônio não posso fazer isso eu sou virgem minha mãe me mata si souber que eu perdi minha virgindade ( minha mãe e meu pai eram super religiosos e queria que eu me casasse virgem)…Até que seu Antônio si mostrou compreensivo e disse.- Bruna não sabia que ainda era virgem só tem um jeito bb… Deixa eu meter no seu cuzinho assim agente vai logo embora e vc continua com sua preciosa virgindade.- O senhor ta louco nunca dei pra ninguém, isso deve doer muito !!!” Pensei em gritar mas sabia que ninguém ia me ouvir “ Olhei pra traz e vi o tamanho do seu pau que era enorme pra mim, eu nunca nem tinha visto pênis ao vivo…
Ele .-Calma não vou machucar vc ta vou colocar só a cabecinha ta bb… Vou gozar logo pq vc é muito gostosa…
-Eu vi que eu não tinha muita opção então fui logo me virando pra ela e disse .- devagarinho seu Antônio não quero gritar aqui, senti ele pincelando aquele Pinto enorme na entrada da minha bucetinha e contrai impedindo que ele metesse nela.. .- Ai não seu Antônio já disse !!! .- Calma bb e só pra deixar meu pau mas melado .. A última coisa que eu senti foi ele abrindo levemente minha bunda e cuspindo no meu cuzinho… Senti um pouco de nojo mas ele sabia bem oque tava fazendo… Com o cu todo melado senti o pau dele forçando meu cuzinho virgem, a cada milímetro que entrava a dor ia aumentando… Não tinha como fugir Pq estava encostada em uma mesa só fiquei aguentando meu cuzinho adolescente sendo rasgado … Ele foi metendo comecei a reclamar
Eu – seu Antônio o senhor disse que era só a cabecinha :’( ., ai ai ta doendo muito.!!!!.. Ele só de maldade tirou o pau passou mas cuspi e enterrou até o fim em mim.. eu vi estrelas nessa hora deixou seu pau todo lá dentro enquanto eu choramingava de dor então ele começou um vai e vem devagar enquanto sua mão deslizou chegando e a minha bucetinha que tava toda molhadinha, ele começou a massagear nunca tinha sentido aquilo … Era uma mistura de dor e prazer que tava me deixando louca ele começou a meter mas forte e eu gemia baixinho sentido seus ovos batendo minha buceta …de repente levo um susto meu celular começar a tocar!! Por um momento seu Antônio para eu atendo meu celular, enquanto vou pegando o celular fico sentindo aquele pau pulsando no meu rabinho…Era meu pai no telefone ligando perguntando Pq eu tava demorando, comecei a falar .- Pai ainda To na escola Tô limpando a sala .
– (Meu pai fala – posso ir pegar você agora?)
Nessa hora seu Antônio começou a meter novamente enquanto eu ainda falava com meu pai …
Comecei a falar com meu pai meio gemendo e ofegante, meu pai percebendo falou.- Pq vc ta com essa voz abafada e cansada ?…
Eu – E pq tava limpando a sala pai… Seu Antônio já metia em um ritmo alucinante… Eu Já não aguentando mais de dor deixei o celular do lado pensando ter desligado !! Nossa comecei Gemer igual uma putinha… Ele apertava cada vez mais minha cintura nisso eu percebo que meu pai ainda estava na linha … Coloquei no viva voz, e meu pai disse .- Pq vc ta gemendo filha?
Sem saber oq fazer fiquei caladinha e desliguei o celular voltando a gemer … Seu Antônio falava geme sua Safadinha seu cuzinho é muito bom linda vou gozar ta? To quase gostando bb… Vou encher seu cuzinho de porra…ele começou a gemer forte as estocadas mas firmes e rápidos … Um jato de gala quente inundou meu cuzinho com tanta força que dei um pulo tirando seu pau lá de dentro olhei pra traz e vi muito esperma ainda espirrando na minha bunda …era esperma dentro e fora da minha bunda ele meu teu seu pau de novo pra terminar de gozar lá dentro nessa hora perdi as forças nas pernas e só não cai Pq ainda tava engatada naquela pica enorme …ele desabou em cima da minha costa e ficou suspirando fundo .. Seu pau foi amolecendo … Recuperado ele pegou um pano e limpou minha bunda inteira … Ele tirou minha calcinha e colocou no bolso ( pra eu lembrar do cu mas apertado que eu já comi) .- ajeitei minha saia e quando sai da salinha da limpeza escutei meu pai buzinar lá na frente da escola …

Agora meu problema era explicar ao meu pai Pq ele me ouviu gemendo…. Uma coisa eu sei não vou falar que um velhote tirou o cabaço do cúzinho da filhinha dele

[email protected]