dois garotinhos cheios de tesão

Click to this video!
Autor

Olá, meu nome é kadu coelho, tenho 16 anos e faz alguns dias que não havia postado nada aqui, o motivo eu vou contar em uma próxima oportunidade, por que hoje eu quero contar uma aventura que aconteceu no dia 11/09/17, era uma bela segunda feira como qualquer outra, acordei as 7:00 da manhã e fui trabalhar, eu sempre vou de bicicleta e passo sempre pelo mesmo caminho, más nesse dia resolvi passar por outra rua e quando entrei na rua avistei de longe dois garotos entrando em um lote vago más como eu já estava atrasado nem parei para ver o que eles estavam tramando, eu trabalho em uma confecção particular, então não é todos os dias que tem serviço pra mim, e quando não tem o patrão me dispensa e eu volto para casa, pois bem, segunda feira foi um desses dias, chegando lá o patrão disse que não tinha serviço e que era pra mim voltar para casa, saí meu sonolento em direção a minha casa, más resolvi passar por aquela rua que eu havia visto os meninos, era uma rua com casas dos dois lado e na esquina havia um lote vago más com muro e portão, cheguei perto do portão e observei que tinha um buraco, parei na frente do buraco e sem descer da bicicleta olhei pelo buraco e lá no fundo avistei dois meninos em baixo de uma árvore e fiquei surpreendido quando vi que um deles estava em pé e o outro estava de joelhos dando uma bela chupada, quando o garoto que estava em pé Viu que eu estava a observar, ele gritou
– ei o que você está olhando aí?
O outro garoto se levantou assustado e eles vieram correndo em minha direção tentando vestir as roupas, eu fiquei com medo do que eles poderiam fazer e comecei a pedalar minha bicicleta muito rápido e quando cheguei no final da rua olhei para trás e vi que os dois garotos estavam no meio da rua gritando para chamar a minha atenção, chegando em casa voltei a dormir, acordei as 11:00 da manhã, aumoçei e fiquei sem fazer nada, más as 13:00 da tarde já não estava mais suportando tanto tédio, então tive uma ideia, peguei 5 reais e disse pra minha mãe que eu ia para lan house (mesmo tendo computador em casa, gosto de ir nessa lan house por que sempre que eu vou lá meus amigos estão jogando e eu acabo jogando o mesmo jogo online com eles) peguei minha bicicleta a fui, no meio do caminho decidi passar naquela rua pra ver se os meninos ainda estavam lá, de longe eu avistei os meninos sentados na calçada e quando eu cheguei perto deles eles pularam na frente da bicicleta eu disse
– vocês querem morrorem atropelados?
Um dos garotos disse
– só me diga o que você viu aquela hora
Eu perguntei
– como você sabe que era eu?
O garoto respondeu
– pela sua bicicleta, agora só me diz o que você viu aquela hora?
Eu disse
– tá bom, eu só ví que aquele garoto estava te chupando
O garoto abaixou a cabeça e perguntou
– posso te pedir uma coisa, não conta pra ninguem que você viu nós dois brincando, por que se você contar nossos pais não vão deixar nós dois se emcomtrar de novo
Eu aproveitei a situção e disse
– tudo bem, eu não vou falar pra ninguém, más com uma condição, vocês vão ter que me levar pra brincar com vocês
Eles olharam um para o outro e disseram
– tudo bem, vem com agente
Eles abriram o portão, eu entrei joguei minha bicicleta no chão e fui com eles, no fundo daquele lote cheio de mato havia uma casa na arvôre e no chão tinha um colchão de casal todo rasgado
Eu perguntei
– qual o nome de vocês?
Um deles me respondeu
– o meu é felipe e o dele é guilherme
(Felipe tem 12 anos, é branquinho de cabelo liso e corpo ainda em fase de crescimento, guilherme tem 11 anos, pele escura e cabelo enrolado e uma bundinha linda)
Felipe disse
– deita aí
Eu deitei e disse
– o que vocês estavam fazendo aquela hora? Podem continuar
Felipe ficou de pé tirou a camiseta e foi tirando devagar a bermuda e a cueca, deixando a mostra aquele pênis lindo que devia ter uns 9,5 cm já com alguns pentelhos, guilherme ficou de joelho e começou a chupar o pênis do felipe, ele chupava com tanta vontade que parecia que ia sair leite, eu fui ficando exitado e meu pau já estava parecendo pedra na cueca, guilherme parou de chupar e deitou no colchão, felipe se abaixou e começou a tirar a roupa do guilherme, seu pintinho era bonitinho, deveria ter uns 8,5 cm era todo pretinho com a cabeça vermelhinha, felipe começou a chupar o guilherme e eu não aguentei e tirei meu pau pra fora da cueca e comecei a bater uma punheta vendo aquela cena, felipe percebeu e disse
– guilherme olha o tamando do pau dele!
Guilherme se sentou e disse com uma cara de surpreso
– noooooosa que gigante, é maior que o pinto do fernando
Guilherme me perguntou
– você sabe gozar?
Eu começei a rir e respondi
– é claro que eu sei, e vocês sabem?
Ele responderam que não, felipe disse
– eu quero ir primeiro
Guilherme respondeu
– não eu que vou primeiro
Felipe disse
– então vamos fazer impar ou par, quem ganhar vai primeiro
Eles fizeram, e felipe ganhou, eu não estava entendendo nada do que eles estavam fazendo, então felipe foi até uma caixinha perto da árvore e pegou um potinho de gel massageador e começou a passar no meu pênis que estava duríssimo e quando ele já estava todo melecado de gel, felipe se preparou, colocou seu pênis na entradinha do seu cú e sentou de uma vez, eu senti um calor muito forte que dominou meu corpo todo, e então felipe começo a sentar e levantar em cima do meu pau ele ia cada vez más rápido e dava uns gemidinhos baixinhos me enchendo de prazer e mesmo estando todo mole felipe ainda sentava em cima do meu pau com força, era como se ele já tivesse feito aquilo, e de repente parou, felipe deitou no colchão com a respiração ofegante e disse
– sua vez
Guilherme se levantou rápido, pegou o gel e começou a passar no meu pau e de repente fez a mesma coisa que felipe, sentou com toda força no meu pau e começo a subir e descer cada vez mais rápido e dando uns gemidos, aquilo estava me enchendo de prazer, eu já não sentia más meu pênis, só ouvia aqueles gemidos baixinhos e via aquele garoto sentando no meu pau e quando já estava quase gozando ele parou e se deitou cansado como alguém que correu uns 500 metros, eu disse
– que incrível, o que mais vocês sabem fazer?
Felipe se levantou passou um pouco de gel no seu pintinho e começou a enfiar com força no cú do guilherme que estava deitado no colchão, guilherme já estava todo mole e gemendo enquanto felipe metia nele com força até que ele se cansou e parou, os dois estavam muito cansados, suados e com a respiração ofegante, felipe pegou meu pau e começou a bater uma punheta, eu já tinha quase gozado umas 4 vezes, más tinha segurado, más dessa vez aquela mãozinha linda estava batendo uma punheta mágica em mim, e enquanto ele batia punheta em mim eles ficaram olhando para o meu pau esperando eu gozar, então felipe começo a gemer baixinho na velocidade em que ele batia a punheta e eu não aguentei e dei uma gozada gigante, foram 8 jatos que acertaram o rosto dos garotos, más eles não se importavam e ficaram rindo, depois disso felipe pegou um rolo de papel higiênico e nós limpamos toda aquela lambança, vestimos as nossas roupas e ficamos deitados no colchão, eu perguntei quem era o tal Fernando que ele haviam falado e eles me responderam que era um garoto +ou- da minha idade que passava por lá, eles me disseram que sempre que eu passar por aquela rua eu podia entrar no lote vago que ia ter algum garoto lá, ficamos conversando por alguns minutos e quando eu olhei no celular já era 15:30 da tarde, eu levantei rápido do colchão, me despedi dos garotos, peguei os 5 reais que eu havia levado para pagar a lan house e dei pra eles, eles ficaram muito felizes, depois eu fui pra casa, até agora fico pensando, como que aqueles garotos tão novinhos aprenderam a fazer sexo tão bem, até melhor que um adulto, isso eu não sei, más eu sei que eu adorei a experiência e estou torcendo para não ter que ir trabalhar na segunda feira pra mim voltar lá e ver o que vai acontecer, obrigado por ter lido esse relato, por favor deixem um comentário e compartilhe essa história com pessoas que gostam desse assunto, assim você irá me incentivar a escrever cada vez mais… ( leiam meus outros contos)