Desde pequena fui aliciada para o sexo

Click to this video!
Autor

Olá hoje tenho 28 anos, sou branca olhos castanhos mel, tenho um corpo escultural e o que mais chama atenção é a minha bunda grande. Todas as histórias contadas por mim são verdadeiras pois desde de pequena fui abusada por parentes, vizinhos e amigos, eu achava que tinha algo errado comigo, pois sempre atraía, esse tipo de coisa. Vamos ao primeiro conto! (Os nomes citados são fictícios para proteger os reais envolvidos).

Bom eu fui criada por uma tia, minha mãe me teve muito nova e me deixou com ela para ir trabalhar em outra cidade. Lembro como se. Fosse hoje, tinha 7 anos e tinha um senhor que fazia uns bicos, para minha família, de pedreiro, eletricista até engraxate, eu sempre fui curiosa então enquanto ele trabalhava eu costumava ficar o seguindo e observando tudo. Houve uma ocasião em que minha tia saiu e fiquei sozinha com esse senhor viu chamá-lo de seu Zé, ele estava sentado no chão engraxando uns sapatos eu estava de vestido e calcinha de algodão, me sentei junto para observar, é como não tinha maldade nenhuma estava de pernas abertas, o seu ze, parou o que estava fazendo e passou a me observar, em um momento de propósito ele deixou cair graxa perto da minha perna e com a desculpa de me limpar passou a me alisar, cada vez subindo mais. Aí eu passei a sentir um formigamento em meu corpo, meu coração começou a acelerar, ele vendo meu estado, disse … Fica calma Bia eu vou limpar essa sujeira e você vai gostar muito, mais esse tem que ser nosso segredo o que acontecer aqui não pode contar pra ninguém! Promete? Eu nervosa e gostando daquela sensação eu disse que não contaria. Então ele afastou minha calcinha e passou o dedo no meu grilinho fazendo círculos e pediu pra eu fechar os olhos com a outra mão ele apertava seu pênis, e dizia olha isso tá vendo, é um melzinho que sai da sua buceta, ele passou o dedo e chupou e continuava a alisar meu grilinho, e eu gostando de tudo aquilo, ele falava abre mais a perna Bia deixa eu sentir seu grilinho, ele me deitou no chão e com os olhos fechados senti sua língua na minha buceta, já hora quase gritei devido o choque, quis me afastar ele segurou minhas pernas e disse… Deixa Bia calma que você vai gostar dele chupava fazia círculos com a língua tentava enfiar seu dedo grosso e sujo de graxa no meu cuzinho eu gemia de dor e prazer ….. Isso Bia solta seu melzinho para mim, que delícia essa bocetinha cheirosa e novinha,..para seu Zé eu tô passando mal tô sentindo que vou explodir tá doendo meu cuzinho ai vai para .. para…..isso Bia goza na minha boquinha aí que delícia você me fez gosar sem ao menos tocar em meu pau sabia? Você é uma menina bem safadinha vou te ensinar muita coisa… escutamos o barulho do portão eu saí correndo para o quarto e ele ficou no quintal.

Gostou do meu conto? Que saber mais histórias minhas com seu Zé e outras pessoas então comente! Beijos..