Como o meu sogro me seduziu

Click to this video!
Autor

Meu nome é Emyle, tenho 14 e estou namorando com um garoto chamado Wesley, da minha escola faz 8 meses, em fevereiro era o aniversario dele de 16 anos e eu estava planejando uma festa surpresa então pedi ajuda ao pai, o seu André, por ser uma pessoa muito amigavel comigo.
1 mês antes eu comecei a ir na casa dele para planejar onde ficariam as mesas, quais doces comprar e coisas do tipo, eu ficava muito tempo sozinha com o seu André, porque a sua esposa trabalhava o dia todo (boatos que ela traia ele). Em um desses dias eu acabei brigando muito feio com o meu namorado, passei o dia chorando, mas mesmo assim decidi ir na sua casa pra terminar o de confeitar um bolo que o seu André tinha encomendado. Eu estava usando um vestido de malha branco curto, eu estava sem sutiã como sempre, ja que não tenho peitos muito grandes e tbm é meio que moda agr andar sem sutiã, nesse dia quando eu acheguei na casa do seu André, ele me olhou de cima a baixo, entrei e ele me recepcionou com um longo abraço, mais longo que o normal, quando acabou olhou pro meu rosto e perguntou se eu estava chorando, disse que sim e sai rapido em direção a cozinha porque ja estava prestes a chorar de novo, chegando lá fiquei de frente pra mesa pra pegar a forma de bolo, quando senti o seu André chegando por tras e me abraçando, fiquei nervosa na hora, mas ele colocou uma mão na minha barriga e começou a puxar o meu cabelo pra tras da orelha com a outra, naquele momento eu estava tão solitaria que fiquei feliz com aquela demonstração de carinho, ele me perguntou o que tinha acontecido e eu contei sobre a nossa briga. O seu André ouviu atentamente tudo o que eu tinha a dizer enquanto me abraçava e secava as minhas lagrimas, eu me senti instantaneamente atraida por ele, ele começou a beijar o meu pescoço e colocou uma das mãos sobre o meu peito e massageou o biquinho que ja estava bem durinho, ele riu.
-você ta mesmo querendo me deixar louco com essa roupa.
Eu virei de frente pra ele e ele pegou uma garrafa de água bem gelada e começou a passar nos meus seios, a água deixou o meu meu vestido transparente, eu fiquei muito envergonhada porém excitada com aquela sensação, ele me olhava com tanto desejo e eu ja conseguia sentir o seu pau duro enconstando na minha barriga.
Ele perguntou se eu queria me sentir melhor, eu acenei com a cabeça positivamente, ele puxou uma cadeira e me sentou no colo dele de frente, eu podia sentir o pau dele pulsando na minha bucetinha, ele começou a chupar os meus peitinhos por cima do vestido umido, eu fiquei tão excitada porque foi a minha primeira vez e comecei a rebolar devagarzinho em cima do pau dele, ele colocou o pau pra fora e perguntou se eu era virgem, disse que sim e que não sabia se queria transar nesse momento, então ele começou a passar o pau pela minha bucetinha enquanto mordia os meus peitinhos, eu nunca havia sentido tanta excitação nem quando me masturbava, eu gozei na hora, ele levantou e me mandou sentar na cadeira, chupou a minha bucetinha e eu ja estava delirando de tanto prazer, ele chupou todo o meu corpo por horas, no final eu estava muito esgotada, ele fez um lanche pra mim e por mim conversamos como sogro e nora. Na hora de ir embora ele disse que sempre que eu precisasse de um ombro amigo ele estava lá por mim.
Na vez seguinte em que eu briguei com o meu namorado eu voltei atras e transei com o seu André foi a melhor experiência da minha vida ter aquele pau enorme dentro de mim.
Depois eu conto como foi a minha primeira vez <3