Uma mãe sendo aliviada

Click to this video!
Autor

Bom, antes de tudo quero avisar que isso é uma confissão de uma mãe solteira e não um conto. Sou mãe, meu nome é Elissa, tenho 27 anos e conheci esse site pesquisando na net um local onde eu possa contar a alguém o que ensinei meu filho a fazer pra mim. Ele é um menino lindo de 7 anos que eu cuido sozinha, pois optei em ser mãe solteira pois o pai não foi um homem digno de assumir uma união estável. Sendo assim… sabe, nunca imaginei que apelaria a meu filho para sentir prazer ainda mais sendo uma criança de 7 anos. Vou contar como começou.:
Sou uma mulher que não gosta de sair muito e gosto de ficar em casa. Minha relação com os homens sempre foi boa, mas ultimamente não encontrei ninguém diferente que siba me comer constantemente. A maioria exige tempo de atenção que sempre gostei de ofertar somente a cuidar do meu filho. Ele é uma criança normal, gosta de brincar com os amiguinhos. Nada de diferente. Como estava carente de sexo, vivia pelos cantos da casa me masturbando. sempre gostei de andar a vontade. Afinal de contas meu filho é criança e não teria problemas até então. Geralmente andava de shortinho sem calcinha e blusinha sem sutiã. Um kit babydoll. É mais fácil de se masturbar sem calcinha pois é só colocar a mão dentro do short pela beirada e mexer na buceta. Uma vez pela noite deitei no sofá para assistir a novela e comecei a me masturbar ciente de que ele tava dormindo no quarto. Costumo me acariciar assistindo TV de leve. Nada demais… até que vejo ele caminhando na minha direção dizendo que quer assistir tv comigo. Eu pensei que ao abraçar ele no sofá ele iria perceber o cheiro de gozo na minha mão ou do shortinho, mas não. Ele deitou de boa e na hora que o abracei senti a minha virilha quentinha e meu grelo mais duro ainda! Que absurdo! Eu pensei logo! – Comecei a roçar de ele o clitóris e fui a loucura! Nunca mais tinha sentindo algo quente nele… fui esfregando esfregando esfregando de levinho até gozar caladinha. Mas foi um dos melhores orgasmo da minha vida! Tanto que fiquei com as pernas paralisadas fazendo uma tesoura no corpo dele. Mas depois que o tesão passou ninguém imagina o terror psicológico que eu passei, o sentimento de nojo e culpa por ter feito isso. Quase não durmo a noite, mas aí depois de tirar umas 3 hrs de cochilo parece que nada aconteceu e a tara volta de nono. No outro dia fiquei pensando numa coisa pra possivelmente fazer com ele, mas fiquei com receio dele contar a alguém.
Depois q me mudei pro interior meu foco total é o bem dele, cuido da casa, compro brinquedos mas ainda vivia tensa com o grelo duro pela casa, pois sou muito tarada por sexo. Aí tive a ideia ousada de fazer meu filho me aliviar: ensinei ele a chupar meu grelo e beijar minha buceta enquanto fico deitada no sofá assistindo a novela. O maior tesão que já sentir na vida, ao ponto da minha buceta cuspir porra branca no final… na primeira vez que ele fez isso eu chorei depois, pois sabia que tinha me rendido a vontade da minha buceta. Mas vcs acham que é egoísmo da minha parte?? por que poxa, sou bonita, cuido dele todo o meu tempo sozinha, dou carinho e a única coisa que peço em troca é que ele acaricie com a boca o meu grelo pra eu gozar e dormir bem… acho que só mães entendem. Na verdade eu ainda fico com a consciência pesada depois do que faço com meu pequeno, mas na hora é um prazer sem limites. Não quero a opnião de homens e sim outras mães, só elas podem me julgar.
obs: só quero conselhos de mulheres/mães, homens que entrarem em contato eu vou deletar.