Conssegui fuder minha sobrinha d 8 aninhos part 1

Click to this video!

Bom, meu nome e marcos. Vou usar um nome falso pra nao da mt b.o. Assim começa o meu conto, e compartilho com vcs, meus caros leitores e autores d contos eroticos do brasil. Bom o q acontenceu nesse conto foi tipo assim, no fato acontecido, eu tinha ums 22 anos, hoje ja tenho algums anos a mais. Eu moro com a minha mãe e a metade dos meus irmaos, pois a maioria ja se casaram e sairam d casa, ai virou aquela bagaceira ums pro canto, outros pra outros, algums se mudaram pra estados diferentes, tudo isso tbm chegou a acontecer, depois q minha mãe se separou do meu pai, minha irmã e a 3 mais velha a q me dou mais bem, e so tinha ela d mulher o resto era tudo macho, entre todos nós, somos no total d 5 homems e mulheres 1, minha irmã desde quando se casou e saiu d casa, ela e o marido sempre gostou d morar na roça, eles nao gostam mt da cidade grande, ate porque hoje eles tem 6 filhos, é e mt dificil pra eles estar na cidade quebrando a cabeça com tanto menino, se eles tivessem uma profissão boa cada um, ou seja menos um dos dois, tudo bem dava pra viver d boa na cidade, mais como eles nao tem, vivem d serviços basico msm, e sem contar q eles pagam aluguel, por isso eles preferem morar na roça, e levar uma vida mais facil e mais tranquila. Bom onde eu quero chegar com essa história, chega d blá-blá-blá e vamos ao relato, certo dia eu tava em casa sem fazer nd, então resolvi ir pra casa da minha irmã, que mora numa roça d uma cidade vizinha d onde nossa mãe mora, entao eu liguei pra minha irmã, e falei q ia pra casa dela, passar ums dois dias lá com eles, ai ela mandou eu ir, eu sepre frequentei a casa dela, desde pequeno, ai eu fui, cheguei me acomodei, e logo fui brincar com meus sobrinhos atentadinhos q era uma blz, os filhos da minha irmã são 4 homes e 2 mulheres, o mais velho tem 14 anos o salmon, mais esse não mora mais com os pais, mora com a vó paterna, ai vem o 2 mais velho q e a menina ioná d 13 anos, depois vem o calebe d 11 anos, depois vem o lucas d 9 anos, e depois vem a aninha victória d 8 aninhos a vitima da história, e em seguida o ultimo o joão pedro d 1 ano apenas. Bem nós estavamos brincando, eu o calebe a ioná e o lucas, a ana victória tbm estava no meio da brincadeira, mais atrapalhava mto, só queria brincar sentada no meu colo, eu tirava ela d cima d mim, ela vinha e sentava d novo, não adiantava, pra ela nao ficar no meu colo, so se eu ficasse d pé o tempo inteiro, e eu não queria t maus intenções com ela, por ficar no meu colo e me deixando d pau duro, mais bem duro msm, mais ela não fazia por onde parece q adorava me v d cassete duro, não sei se era ingenuidade por parte dela, ou se fazia aquilo por vontade propria, só sei q com aquilo eu fui ficando cada dia mais exitado, e ficando bem mais proximo dela, um outro dia, eu tava brincando com os meninos novamente, eles gostam mto d mim, por eu ser o tio mais proximo deles, entao nos continuamos a brincar, d umas brincadeirinhas veia chata, mais nesse dia foi eu quem chamou os meninos pra brincar, na intenção da aninha sentar no meu colo novamente, e nao deu outra, quando eu comecei brincar mais o calebe e o lucas, a aninha chega com um vestidinho rosa, e o cabelinho bem arrumadinhno, e cheirosinha, pois ela tinha acabado d tomar banho, e quando eu a vi fiquei quieto na minha, nao queria nem olhar pra ela, pros meus olhos nao cairem em tentacões, ela era mto bonitinha, tinha um corpinho bem definido, uma bundinha grandinha já, e coxas ja grossinhas, a pele dela era cor branca e bem macia, o cabelo era meio amarelado, e os peitinho bem pequenininhos, e eu ali sentado sem querer olhar pra ela, e ela foi se aproximando com o dedo na boca, e eu ja d cassete bem duro, doido pra pegar logo ela e colocar sentada no meu colo, mais nem precisou eu fazer isso, logo a minha irmã chamou o calebe e o lucas, para tomar banho pra ir pra escola, ainda bem q meu cunhado quase nao ficava em casa, era sempre ocupado fazendo uma coisa aqui outra ali, e eu me aproveitando da inossencia da aninha, ai ela veio na minha direcão, antes dela chegar ate mim, eu a puxei logo pelo braço, e a sentei encima do meu colo, d costas pra mim, eu abracei ela por tras e beijei sua buchecha macia, e ela ficava se mexendo e ia sarrando no meu pau, q ja tava duro igual uma rocha, e ja todo babado. ai eu nao aguentei, abaixei uma alça do vestidinho dela, e puxei ele um pouco pra cima, deixando a calcinha a mostra e encima do meu piru, ageitei ela encima do meu cassete, e fiz ums vai e vem bem d vagar, apertando ela no meu pau, abraçei ela bem forte, e chupando a sua buchecha, eu gozei e encharquei toda a minha cueca, ali msm com ela sentada no meu colo, com aquele rostinho lindo d princesa, e com aquela bundinha apertando meu pau, e ela nao desconfiou d nd, so disse q estava sentindo um negocio duro na sua bunda, ai eu tirei ela d cima d mim e fui tomar um banho, ai eu resolvi manerar e esperar a mãe e o pai dela sair iam levar os meninos pra escola…continua