A Vendedora de DVD

Click to this video!

Este é um relato verdadeiro de uma aventura sexual, não vou falar nomes.
Há uns 3 anos atrás trabalhava em uma empresa ao lado de uma padaria com muito movimento, acho que por isso começou um rapazinho novo, vender DVD pirata em uma barraca em frente. Nessa época eu apenas namorava e sempre parava pra comprar alguns lançamentos e uns pornos pra poder da uma brincada ou mesmo bater umas punhetas.
Um belo dia estava com ele uma moreninha devia ter uns 15 anos, bonitinha com rosto de ingênua e chucra de tudo. Fui comprar o DVD, mais para ver quem era do que realmente comprar, ele me apresentou como namorada . Falei que nao ia levar nenhum, ele insistiu e começou falar dos pornos que aquele era bom, que o outro só tinha anal, que o outro, o cara tinha um pintao, que o melhor eras 2 minas dando pro cara e se chupando.
Fiquei ate sem graça e a namorada dele nao sabia onde enfiava a kra de vergonha. Ele chegou ao ponto de falar que assistia com ela e fazia tudo igual. Ela nao abria a boca, só abaixava a cabeça de vergonha.
O tempo foi passando e ele sempre do mesmo jeito, até que um dia ele nao tava na banca e eu fui de propósito perguntar se tinha os filmes pornos, só para ver o que ela falaria.
Ela reagiu numa boa e parecia ele me falando dos vídeos, mas de um jeito meio excitante que o pau foi endurecendo, e eu tive ate que disfarçar. ela percebeu e continuou falando, e me mostrou um video de umas freiras que dava pro cara, era um filme do rocco, ele comia o cu de uma e dava pra outra chupar. Ela questionou como podia um pau daquele tamanho entrar num cuzinho e a outra chupar. Eu disse que era apenas filme e que elas estavam acostumadas. E pra ser sacana perguntei se ela nunca faria isso, e ela disse jamais desse jeito nao, da o cuzinho dela para um pauzao daquele, disse que arrombaria ela. Ai eu perguntei, vc nao faz com seu namorado?
Ela disse que sim mas o pau do namorado era o dobro menor, que tinha uns 14 cm e fino. Nisso foi chegando cliente e ela parou de falar.
Levei o filme e foram varias punhetas,mais pensando nela do que vendo filme. fiquei com tanto tesao nela que só ia compra DVD qdo o namorado nao estava, e sempre era a mesma coisa ela falava dos filmes e eu de pau duro e ela falava mais ainda qdo percebia.
Chegou ao ponto dela perguntar se eu tinha acabado com a namorada na cama ou me acabado na punheta. Eu nao aguentei e respondi que tava me acabando na punheta por causa dela e que ja nao aguentava mais, ela me respondeu que faZia aquilo pra vender mais pra mim, e foi um balde de agua fria. Acabei que dando um tempo de comprar dvd e pude perceber que ela ficava me olhando passando de carro, como o namorado ficava sempre lá vendendo com ela, meio que me desliguei de tudo aquilo. Passou o tempo e ela ficou gravida, e qdo teve o filho ficou mais bonita, mais encorpada, tava uma delicia.
E agora eu casado, ja cansado de trepar na mesma buceta, foi dispertando o tesao de novo em bucetas diferentes. E dona da percebi que a moça estava ficando td dia sozinha, e fui me aproximando aos poucos, a amizade voltou e descobri que o rapaz estava trabalhando a noite. Ainda comprava alguns dvds pornos, mas sem as resenhas dela, ela apenas comentava quem eras os atores, e que o filme era brasileiro, as atrizes, enfim essas coisas.
Chego um fim de semana na sexta e começou a chover forte pra caramba eu olhava pra ele e ela toda molhada da chuva, logo me prontifiquei a dar carona, e ela aceitou na hora. No caminho ela foi contando a vida dela, que por ser muito nova tinha feito cagada de ter filho nova e nao aproveitar as coisas da vida, tipo conhecer pessoas diferentes, e que seu marido ja nao era a mesma coisa e que achava que ele tinha outra pq nao procurava mais na cama, enfim essas coisas.
Meu sinal de alerta ja ligou, e eu pra nao perder tempo ja falei que se um pouco do problema fosse sexo eu estava ali e que era doido pra comer ela, e que ja tinha batido muitas punhetas pensado na bucetinha dela e no cuzinho. Ela disse que se eu tivesse falado antes ela teria me dado. Nao dei tempo nem dela continuar a falar ja embiquei no primeiro motel.
Ja desci do carro beijando ela, chupando o pescoço, arrancando a blusa e a calça. Chupei os peitinhos a baixei a calcinha e fiquei olhando a bucetinha depilada dela rosinha com o grelhinho saindo um pouquinho pra fora. Nisso abaixei minha calça e a cueca, qdo ela viu o tamanho do meu pau ela se espantou, mas acho mais pq ela só tinha visto o do marido que era pequeno e o meu que tem uns 19, 20 cm, nada espetacular. Agachou para chupar meio sem jeito deu umas mordiscadas e eu reclamei e ela falou que nao tava acostumada mais que logo pegava a pratica.
Qdo ela engrenou fez uma senhora chupeta a ponto de eu quase goza,r mas me segurei e deitei a na cama para chupar a buceta e senti aquele cheiro de buceta sem lavar, aquele que fica na calcinha, e me deixou louco, meu pau ficou tao duro que ate doeu, ja aproveiei e dei umas lambidas no cuzinho e pedi pra ela ficar de quatro. Eu ia cair de lingua naquele cu, mas qdo olhei tava amarelo nas bordas, encostei o nariz e senti um leve cheiro de merda, me deu até um certo tesao, mas nao tive coragem de lamber, ja imaginei que tinha lambido mas na mistura do gosto da buceta, nao percebi isso .
Pedi para ele tomar um banho e eu entrei atrás, lavei seu rosto, seus peitinhos, a bucetinha, a virei de costas e fui lavando da nuca até na bunda e lavei seu cuzinho, que mais tarde eu iria fazer de td pra comer. Tentei comer ela ali mesmo em pé mas meio sem jeito levei a pra cama e cai de boca na buceta de novo preparando para o meu pau entrar.
Coloquei a cabeça e ela ja reclamou, fui peguei o lubrificante do motel e passei na cabeça do meu pau e na sua buceta, pus a cabecinha denovo e fui enterrando td, ela tentou reclamar mais eu ja estava bombando e ela nao esboçou reação, só fazia uma cara de dor mais logo foi acostumando, ela teve parto normal nao era possível que nao aguentaria meu pau.
comi em varias posiçoes, ela ja tinha gozado varias vezes e eu segurando pra encher o cu dela de porra.
Qdo fui comer o cu dela. nao teve jeito ela nao aguentou cheguei a colocar a cabeça ela até deu um peidinho e a cabeça saiu suja de merda. ela ficou com nojo e desistiu.
Fui lavei meu pau e fiz ela chupar até eu gozar, explodi em gozo que ela se assustou e falou que achava que aquilo era coisa de filme, nunca tinha gozado daquele jeito, mas o tesao foi tanto que saiu muita porra.
Ela se lavou e falou que tinha que ir embora pois seu filho tava com a mae dela. Eu tb tinha que pensar numa boa desculpa pra dar pra minha esposa. Mesmo assim ainda tive tempo de pensar em compra dois vibradores um menor e outro maior pra ela ir treinando que eu ainda iria comer o cu dela, mas esse fica para o outro relato.