A Amiga da minha Enteada II

Click to this video!

Chupei até sugar a última gota daquela bucetinha lisinha e melada, enquanto a Nicole gemia e se contorcia na minha boca; Levantei e tirei a calça e a cueca, fiquei olhando aquela delícia deitada na minha cama; Nua, suadinha, meladinha, babada, safada; Meu pau latejando e melado apontando pra ela; A Nicole ficou de quatro na cama e veio em minha direção engatinhando, me olhando com uma cara de safada; Sem usar as mãos começou a lamber e chupar meu saco bem lentamente; Meu pau quase explodiu de tanto tesão. Segurei sua cabeça, e forcei meu saco na sua boca; Ela chupava com vontade, enquanto eu esfregava meu pau no seu rosto; Fechei os olhos e fui ao delírio, enquanto sentia sua língua quente e úmida, deslizando entre o saco e o pau, deixando todo babado; Senti suas mãos macias, e seus lábios molhados envolvendo a cabeça da minha pica; Abri os olhos e não me contive ao ver aquela ninfetinha gostosa, deitada na minha cama, bundinha redondinha e empinada, com a calcinha socada no rego, as costa suadas, saboreando a cabeça da minha pica, e me olhando com aquela cara de puta pedindo mais; Segurei sua cabeça com as duas mãos, e comecei a socar sua boca; forçava até a garganta e não acreditava que aquela putinha conseguia engolir meu pau até o saco bater no seu queixo; Fiquei gemendo, enquanto olhava pra Nicole; Ela de olhos fechado; O rosto melado; Meu pau entrando e saindo de sua boca; De vez em quando ela engasgava, e a baba escorria; Ela abriu os olhos e sorriu enquanto tirava lentamente meu pau cheio de baba da boca; Ela cuspiu na cabeça e abocanhou de novo; Eu vendo e sentindo tudo aquilo, não resisti e falei: – Como você é safada Nicole, você vai ser minha putinha sempre que eu quiser! Ela sorriu, tirou minha pica da boca e falou. – Se você me fuder gostoso, vou adorar ser sua putinha. Ela se virou, ficando com o rosto entre minhas coxas e sua língua molhando ainda mais meu saco; Coloquei uma perna em cima da cama e comecei a esfregar minha pica babada no seu rosto; A Nicole não perdia nada com sua língua ágil; Lambia minha pica, meu saco, até no meu cu ela passou aquela língua safada!
Mais uma vez fiquei enlouquecido com a desenvoltura daquela putinha safada; Encostei a pica na sua boca; ela abriu os lábios, e meu pau foi deslizando até meu saco encostar no seu nariz; Ela engasgou, eu ameacei tirar, mas ela segurou minha bunda, forçando meu pau ainda mais lá dentro; a baba escorria pelo seu rosto; Ela ficou parada uns cinco segundos, e depois tirou pra respirar, mais baba escorrendo, deixando seu rosto ainda mais melado; Eu não consegui segurar mais; Segurei minha pica apontada para sua boca aberta, e comecei a gozar; Ela fechou os olhos e abriu ainda mais a boca, recebendo toda minha porra; Ela ficou assim, até sair a última gota; Escorria pelo seu rosto de tão cheia; Ela me olhou com um ar de riso, fechou a boca e engoliu; Me abaixei sobre ela e beijei seus olhos, seu nariz e sua boca; Deitei na cama ao seu lado, com a cabeça virada pro seu pés; Ela veio pra cima de mim; Começou a me punhetar, e a lamber meu pau, limpando os últimos resíduos de porra, enquanto esfregava sua buceta na minha boca; Segurei sua bunda com as duas mãos e comecei a chupar sua buceta deliciosamente; Ficamos num 69 enlouquecedor… (continua)