Maninha meladinha 5

Click to this video!

Ola,voltei com mais uma historia dessa delicia q é o incesto.
E da outra delicia que era comer minha irmã.com ela fazia amor,e tambem sexo selvagem.metia com ela quase todo dia.quando nao comia,chupava bem gostoso aquela bucetinha chorona.eramos verdadeiros amantes.mas como nada é perfeito…
Era fim de ano,nossa mae nos avisou,que tio carlos iria passar as ferias em nossa casa.apesar dela ter tentado convence lo a nao vir.pois nossa casa era pequena.e ele nao ficaria confortavel.o mesmo disse que,nao se importava,que dormiria na sala mesmo.ele tinha puxado nossa mae na teimosia.nos nao gostamos da ideia.e passado alguns dias ele chegou.recebemos normalmente.e logo de chegada,ja foi elogiando valkiria.disse que ela estava linda.uma verdadeira princesa.Tio carlos apesar dos seus quarenta e poucos anos era solteiro e tinha fama de namorador.Valkiria ficou com vergonha e apenas sorriu.conversa vai,conversa vem.ja era hora da janta.fui tomar um banho.voltei e eles ainda batiam papo.entao valkiria foi tomar banho e eu a segui falando baixinho e com tom de ciumes.
-voce viu o jeito que ele te olha.que velho safado.
Valkiria apenas sorria,fazendo sinal de negativo com a cabeça.Bom,todos jantamos,e fomos para a sala bater mais papo.menos valkiria,que nao tem o costume de jantar.e ficou no quarto.quer dizer..deveria ter ficado.porque logo que ela entrou na sala.com um pijaminha bem curtinho.que deixava aquelas coxas grossas bem a mostra.e os biquinho dos peitinho quase furando o tecido.Se eu fiquei tarado.imagina tio carlos.ele secava valkiria da cabeça aos pés.ela sentada no sofa toda comportada,porem muito sexy.O tio faltava babar no par de coxas da minha irmã.obs.nessa hora nossos pais ja tinham ido dormir.pois trabalhavam cedo.ele nem disfarçava.olhava e ficava inquieto.quando valkiria se levantou para tomar agua.o velho quase infartou.com a visão do shortinho todo enfiado naquela bundinha redondinha.era muito tesuda.eu olhei para ele e ele ficou sem graça.valkiria voltou deu boa noite e foi para o quarto.fui logo em seguida.tio carlos ja se ajeitava em um dos sofa.que era sofa-cama.
Chegando no quarto tranquei a porta.e fui logo chamando a atençao de valkiria.e perguntei se ela estava querendo provocar nosso tio.e ela sorriu e disse,que nao.e nao havia nada de mais com sua roupa.falei pra ela se comportar.e disse :
-voce para de mostrar esse rabo seu ai.
Ela deitada de bruço.olhou para tras em direçao a sua bundinha gostosa e perguntou.:
-porque eu nao posso usar shortinhos.o que tem de errado com minha bunda.com um sorriso safado no rosto.joguei o colchao da minha cama no chao. para nao fazermos barulho, puxei minha irmã para cima dele.apaguei a luz e ficamos no escuro total.beijava aquela mulher gostosa,e tirava sua roupa.chupei lambi aqueles peitinhos gostosos.ela gemia bem baixinho no meu ouvido.sem ver nada,desci ate sua buceta,que estava toda melada.enfiei minha cara nela.lambi,chupei todo seu nectar.ela falava bem baixinho.que queria gritar.agarrava minha cabeça e esfregava na sua buceta.ate que ela gozou,esfregando sua xota no meu rosto.eu esticava a lingua e enfiava na sua buceta.ela me puxou pra cima e sem enxergar nada,pegou meu pau e socou para dentro.rebolando e gemendo baixinho.beijava minha boca.e falava no meu ouvido:
-Ta com ciumes da sua irmã,ta?ahnn ahnn,humm
Eu respondia mordendo sua orelhinha.:
-To sim sua putinha.essa buceta vai ser só minha.ate quando eu nao quiser mais.
Ela :
-Ai que delicia maninho.fode que eu vou gozar de novoooo.aiii to gozaaaandoooo.coloquei ela por cima,e ela começou cavalgar e esfregar sua xota no meu cacete.ela mordia meu pescoço.e gozava e rebolava.quando falei que ia gozar.ela tirou meu pau e colocou na boca.senti meu cacete pulsando e jorrando porra naquela boquinha.essa foi uma das gozadas mais gostosas que dei na minha vida.minha maninha engolindo toda minha porra.ate a ultima gota.depois deitou em cima de mim.e dormimos assim.pelados,suados e cansados.
Continuo no proximo.para nao prolongar demais.volto logo.até