Enlouquecido pela minha filhinha

Click to this video!

Sou homem, alto, moreno, 37 anos. Vou contar oq aconteceu comigo a alguns meses atrás, eu era casado e tenho uma filha de 7 anos, mas quase não convivia com minha mulher e filha, pois trabalhava muito e só chegava a noite cansado, tomava meu banho jantava e dormia, meu casamento ja havia entrado na rotina e eu ja não sentia desejo nenhum por minha mulher, quase nunca transava com ela. Um certo dia cheguei em casa, escutei minha filha chorar, estava sozinha, perguntei onde a mãe dela estava, ela disse que não sabia, q a mãe tinha saído cedo e deixado ela sem comer, nesse momento fiquei asustado, fui ate o quarto, abri o guarda-roupa e a parte dela estava vazia, minha mulher havia me abandonado, deixando nossa filha pra trás, sem dizer pra onde tinha ido. Atordoado com aquilo tudo, pedi um afastamento do trabalho e como eu ja tinha férias acumuladas, não me negaram. Eu estava concentrado em cuidar da minha filha, conhecer ela melhor. Depois de alguns dias tentando me virar sozinho em casa, eu e minha garotinha ja estávamos muito próximos, e ela ja não parecia sofrer tanto com a ausência da mãe. era uma menina alegre, esperta e muito brincalhona, adorava fazer cócegas, certo dia enquanto brincávamos ela sem querer passou a mão no meu pau, por cima do short, senti na hora meu pau ficar duro, já havia quase dois meses que eu não me relacionava com nenhuma mulher, só pensava em cuidar da minha garotinha… naquele momento parei a brincadeira, me levantei e fui para a cozinha, deixando ela na sala, tentei me acalmar e tomei um copo d’água, de repente ela vem até mim e pergunta se estou bravo com ela, respondo que não, que estava tudo bem…já era de tarde e estava na hora do banho dela, e com aqueles olhinhos castanhos ela me olha e diz
-Papai, não vai me dar banho hoje?
-Acho q vc ja sabe tomar banho só minha querida…
-Mas a mamãe sempre me dava banho….onde a mamãe está papai? Ela disse quando vai voltar?
Nesse momento minha garganta fechou, eu não sabia oq responder, então peguei minha filha no colo e a levei até o banheiro, tirei sua roupa, liguei o chuveiro e comecei a molhar seu corpinho, e enquanto passava o sabonete nela, senti meu pau ficar duro novamente, era impossível desviar minha atenção daquela vontade louca de abusar minha garotinha, então, quando terminei de dar banho nela, peguei uma toalha e comecei a enxuga-la, passei a toalha na sua bucetinha, e perguntei oq ela sentia quando eu fazia aquilo
-Minha princesinha, gosta quando o papai te dá banho?
-Gosto sim papai, é melhor do q a mamãe
-Pq vc acha melhor meu anjinho?
-Com o papai sinto coisas gostosas…
Nesse momento senti tesão como nunca havia sentido antes, e continuei a conversar com ela, enquanto a enxugava sua bucetinha
-Minha princesa, vc gosta quando o papai toca aqui?
-sim papai, é gostoso
-quer sentir mais, meu anjinho?
-quero papai
-Mas tem q prometer não contar para ninguém, nem para suas amiguinhas, você promete?
-sim papai, eu prometo
Nesse momento meu tesão estava a mil, peguei ela no colo e a levei para o meu quarto,a deitei na minha cama e abri suas pernas, ela sorria, parecia querer aquilo tanto quanto eu, então fui esfregando meu dedo devagar em sua bucetinha, senti ela ficar molhada…
-está gostando do carinho do papai?
-estou sim papai
-posso fazer o carinho com a boca
-sim papai…. ah, hhumm, é tão bom…
Nesse momento n pensei duas vezes e enfiei minha boca naquela bucetinha rosada, molhava de tesão, chupei até sentir sua pele arrepiar todinha, eu havia feito minha filha gozar!
-gostou do carinho?
-gostei muito papai, nunca tinha sentido isso!
-agora é a vez de fazer carinho no papai também
-como papai??
Então tirei meu short junto com minha cueca, meu pau latejava de tanto tesão…
-segure com as mãos e coloque na boca e vá chutando como se fosse um pirulito meu amor
-assim papai??
Ela segurou meu pau com aquelas mãozinhas pequenas, e colocou a cabeça do meu pau quase toda na boca, aquela boquinha quente, molhada macia….
-isso meu anjinho continue assim, não pare….
Até q não consegui segurar mais e esporrei na boca da minha filha, foi um jato tão forte q saiu porra pelo narizinho dela, aquela cena me deu muito prazer, já havia muito tempo que eu não gozava tão gostoso… ela olhava pra mim e sorria
-que gosto engraçado papai, pq é isso q saiu???
-é o leitinho do papai meu amor, vc gostou?
-o gosto é estranho papai, nunca senti…
Olhando aquele rostinho gozado, senti meu pau ficar duro de novo, estava com vontade de foder minha filhinha, então pedi para que ela se virasse, abri sua bundinha e comecei a lamber aquele cuzinho rosa, ela soltou um gemidinho de quem estava gostando, naquele momento parei e pensei que talvez fosse melhor parar com aquilo, mas ao ver ela empinar a bundinha como quem pedia que eu a fudesse, fiquei louco, e continuei a lamber, deixando aquele cuzinho bem molhado, peguei uma óleo corporal que estava em cima da escrivania do lado da cama, derramei sobre o buraquinho dela, e tbm no meu pau
-O papai vai tentar fazer um carinho diferente meu amor, vai doer so um pouquinho mas depois vc vai gostar
-estou com medo papai, e a doer muito?
-é só vc falar que o papai para meu anjo
-tabom papai…
Então encostei a cabeça do meu pau na portinha do cu dela e com o peso do meu corpo tentei enfiar dentro dela,na primeira tentativa escorregou, então coloquei ela de quatro, com uma mão segurei a cinturinha dela, e com a outra encaixei meu pau novamente na portinha do cuzinho dela, e fui colocando aos poucos, até a cabeça toda entrar
-está doendo muito papai, tira, tira,TIRA!!!
Ela começou a envergar as costas para cima e tentando escapar do meu pau, eu estava tão louco que não pensava em mais nada além de meter mais fundo nela _A segurei pela cintura com as duas mãos e forcei meu pau fundo naquele cuzinho, ela gritava e chorava, isso só me dava mais tesão
-PARA PAPAI, VC PROMETEU QUE SE DOESSE IRIA PARAR, PARA PAPAI PARAAAAA!!!!
-seu cuzinho é tão gostoso minha pequena…aahh… uma delícia de cuzinho apertado….aahh…
-ME SOLTA PAPAI, ME SOLTAAAA!!!!
Apertei minha mão contra a boca dela para abafar seus gritos, e com o outro braço segurei forte o tronco do corpo dela e meti com força naquele cu, como se ela fudesse uma puta experiente, até não aguentar mais e explodir de porra la dentro…. foi a melhor foda da minha vida, então a soltei e ela caiu toda mole na cama chorando enquanto minha porra derramava do seu cuzinho, q estava bem esfolado por meu pau. ..
-vc me machucou papai, está doendo muito
-Me desculpa minha princesa, eu não queria…
-MAS MACHUCOU!
-e que tal se amanhã eu é vc irmos naquela loja comprar a boneca que vc queria?
-vai me dar presente papai??
-vou sim meu amor…
Ela sorriu e limpou as lágrimas do rosto… Então percebi que ela tinha algo em comum com minha ex mulher, era interesseira igual a mãe…
Continua
#Apamzinha9