Punetado pelo sobrinho da minha melhor amiga

Click to this video!

Olá me chamo Bruno tenho 21 anos e sou de fortaleza. Bem isso aconteceu comigo há quatro meses, tenho um amigo que mora distante que vou chamá-lo de “Beto” e sempre que posso vou passar o final de semana em sua casa. A mais ou menos um ano comecei a viajar pra sua residência, nesse meio tempo os sobrinhos da minha melhor amiga “Julia”, que é ex do meu amigo, começaram a pedir pra ir comigo (um tem 14 e o outro tem 10). Passei a levá-los também, bem certo dia a irmã mais velha do meu amigo ia completar ano, e me chamou pra festa convidando assim minha amiga “Julia” também afinal elas eram amigas da época em que “Julia” tinha namorado “Beto”. Chegado o dia fomos “Julia” um dos seus sobrinhos o de 10 “Tiago” e eu, passamos o dia todo nos divertindo, eu bebendo todas mais “Julia” e “Beto” até que fico meio alegre, “Julia” e “Beto” dizendo que eu estava muito bêbado e tal devia ir descansar um pouco, eu meio que contra gosto vou pro quarto onde estavam o irmão mais novo do meu amigo e “Tiago”, eles brincavam de lutinha na cama de “Beto”, eu bem alegre vou e entro na brincadeira também em certo momento sinto uma mão no meu pinto, levo na esportiva afinal esse tipo de brincadeira rola esse tipo de coisa, continuo a derruba-los na cama e eles voltar pra cima de mim hora somente um, hora os dois ao mesmo tempo, quando passam a mão de novo no meu pacote mas dessa vez seguraram eu na curiosidade seguro a mão pra ver quem tava fazendo aquilo, ao segurar sua mão “Tiago” me olha com um meio sorriso safado, como que incitando pra piorar a situação ele continua segurando, e me olhando como que condescendente, com aquele sorriso sapeca, aquilo me deixa louco e me excita de uma forma que ninguém havia feito antes, decido parar a de brincar com eles, por que realmente não tava sabendo lidar com a situação, me deito na cama e dou fim ao “combate” entre nós três. “Guilherme” o irmão do meu amigo, chama “Tiago” pra jogar no notebook ele me olha e diz que não, que queria brincar agora de sexo, não entendi mais do nada ele pula em cima de mim e começa a fazer movimentos e me dá selinhos, faz careta e gemidos, enquanto dá risadinhas safadas, aquilo me excita então não mexo, mais pela extasia do que pelo que tava acontecendo em si, e meio que encenando um orgasmo sai de cima de mim, com uma cara de felicidade isso faz com que meu pau fique duro feito rocha, nesse momento eu tava afim de pegar ele ali mesmo na frente de “Guilherme”, mas “Julia” bate na porta e entra, perguntando se eu estava bem e me chama pra voltar pra beber, eu saio mas logo volto, me deito ao lado de “Tiago” na cama e puxo ele pra perto de mim, fico grudadinho nele roçando meu pau ainda duro na sua bundinha, enquanto ele brinca com “Guilherme” de um joguinho qualquer no no notebook, passo minha mão na extensão de seu corpo, peito, barriguinha,e no seu pintinho, “Guilherme” percebe e passa a me fazer perguntas do tipo,
-Bruno tu bate punheta?
Dou uma risada e respondo que sim, “Tiago” me olha e fala
– mostra como!
Olho pra ele e tiro meu pau no calção e fico batendo uma e percebo que ele fica olhando extasiado com aquilo. Daí eu pergunto se ele nunca tinha batido uma antes ele confirma com a cabeça e volta a olhar pro meu pau, nisso eu falo,
– mostra!
Do nada ele põe a mão no meu pau e começa a bater uma, caralho aquelas mãozinhas pequena e quentinha me fazem gozar fartamente, ele meio que inocente me olha intrigado e pergunta o que era aquilo, explico a ele o que era e digo que outra vez gozaria na boquinha dele, ele me olha sorrindo e fala que ia esperar e cobrar caso eu esquecesse. Bem esse é como ele me punhetou bem aconteceram outras coisas, mas essas são outras histórias.
Volto a postar nossas aventuras!