Como a maioria começa ( continuação )

Click to this video!

Bom, como meu irmão Natan na época com 11 anos e eu com 9, ficamos cada vez mais intimos do nosso amigo, o Marquinhos, que tinha 12, meu irmão por causa do videogame e eu além do videogame tava cada vez mais ligada a ele por causa das safadezas que ele fazia comigo e de tudo que ele me ensinava . Eu aprendi se não tudo, a maioria das coisas que sei sobre sexo foi com o Marquinhos, desde os primeiros contatos com um menino até aquelas palavras até então desconhecidas pra mim e que ele sempre falava quando a gente tava nas farras, caralho, bucetinha, cusinho, tesão, fuder, eram expressões que ele usava sempre e eu ficava sem saber como ele quase da idade do meu irmão já sabia de tanta coisa assim, até o dia que descobri seus segredos . Ele pegava revistas pornográficas e dvds do seu pai e via escondido e ele passou a levar essas revistas pro quarto quando a gente chegava e deixava em cima da cama, algumas vezes ele até deixava elas abertas em alguma página que tinha alguma cena mais picante e eu como não podia ser diferente, via as revistas e ficava admirada com aquilo que tava vendo . E a partir daí, ele começou a tentar que eu fizesse com ele igual as mulheres das revistas faziam co os homens, e ele também tentava fazer comigo, a partir de então, ele me mandava tirar a calcinha me mandava deitar na cama me mandava ficar de quatro e me bolinava toda, e se esfregava em mim como queria até gemer gosar, e meu irmão saia pro banheiro as pressas também e ia gosar . Em um sábado pouco depois do almoço, eu e meu irmão estávamos em casa e ele ligou pro meu irmão dizendo que tinha ganhado um jogo novo e queria que a gente fosse pra conhecer e jogar, mas que era pra gente ir rápido porque os pais dele e a irmã tinham saido e a gente aproveitava mais pra brincar . Quando chegamos ele mostrou o jogo pra nós e meu irmão logo se interessou, eu não gostei muito porque era um joguinho de lutas que tinha sido lançado a poucos dias, ele entregou o jogo pro meu irmão e falou que ele podia ir jogar e como eu não me interessei pelo jogo, ele me chamou pra sala de tv e me perguntou se eu queria assistir um filme no dvd, e eu disse que queria e ficamos só nos dois na sala vendo o filme e meu irmão no quarto jogando, mas de vez em quando ele vinha na sala pra perguntar alguma coisa referente ao jogo . O marquinhos ligou a tv e pegou um filme numa gaveta e colocou pra rodar, eu estranhei quando abriu o nome do filme, ainda me lembro o nome era “Papai e mamãe”, eu achei estranho esse nome mas continuamos eu de olho na tv e o marquinhos olhando pra mim pra ver minha reação, o filme começou e dentro de pouco tempo apareceu um casal se agarrando numa cama e como eu não falava nada ele me perguntou se eu tava gostando e eu balancei a cabeça afirmando e ele me falou pra prestar atenção que a gente ia fazer igualzinho no filme hoje e assim começamos a ver o filme e a tentar imitar as cenas que rolavam na tv . Os artistas começaram a tirar as roupas e ele me mandou tirar meu shorte e minha camiseta também e tirou a bermuda, eu fiquei como a mulher só de calcinha e ele só de cueca como o ator . Os dois deitaram na cama de novo e ele me puxou pra deitar no tapete e deitou do meu lado, os atores se abraçaram e ele me abraçou também apertando meu corpo com força, o ator começou a beijar a mulher e ele me beijou na boca e enfiou a língua dentro como o ator fazia, e assim foi durante as preliminares do filme, tudo que acontecia na tela agente repetia com o maior tesão, fechei os olhos um pouco e de repente senti ele sugando meus mamilos que cresciam na sua boca, eu abri os olhos e ví que o ator também sugava os seios da mulher, e voltou a beijar sua boca e com uma mão foi alisando seu corpo até chegar na calcinha onde enfiou os dedos por dentro do elástico, passou na vagina e os levou até a boca, e lambeu fazendo uma cara de que tava muito gostoso . Marquinhos fez a mesma coisa, beijou minha boca, passou a mão pelo meu corpo desde os peitinhos até chegar ao elástico da calcinha, enfiou os dedos por baixo, passou na minha xaninha super molhada e levou a boca e lambeu, fez uma cara estranha rsrsrs, mas continuou de olho na tv e eu também, até porque a partir daí quase tudo que acontecia era novidade pra mim . O casal foi se ajeitando sempre abraçados, coma mulher ficando por baixo e o ator deitado sobre ela sempre agarrados e se beijando e nós acompanhando as cenas pra não perder nenhum movimento e repetir a como era no filme . Os atores ficaram assim por uns instantes naquele amasso gostoso e nós com o olho grudado, meu pescoço já tava doendo de tanto ficar olhando torto pra tv e com o peso do marquinhos em cima de mim era pior por que além do pescoço doer eu ainda tinha difculdade pra respirar por causa do seu peso . Aos poucos a atriz foi abrindo as pernas e o ator colocando as suas entre elas, e o marquinhos forçou as minhas pernas com as dele também pra que eu abrisse, mas eu tava sem saber o que fazer, em tese eu sabia o que ele queria, mas na pratica tava sem coragem de fazer o que ele pedia, além de que eu já tinha sentido a muito tempo como seu pau tava duro em minha barriga e olha que pra um moleque de 12 anos não era nada pequeno e tava muito babado de tesão, quando o ator começou a esfregar o pau porta da da bucetinha da atriz e deu uma estocada forçando a cabeça pra dentro dela e ela gemeu, eu me distraí com a cena daquele pau invadindo aos poucos sua gruta e os gritinhos de tesão que ela dava, marquinhos conseguiu fazer com que eu abrisse um pouco as pernas e esfregou a cabeça do pau na entrada da minha xaninha, eu sentí uma coisa tão gostosa percorrer meu corpo, um arrepio de tesão que nunca tinha sentido em todo esse tempo que ele me sarrava e soltei um gemido quase igual a atriz fez quando sentiu o pau entrar, mas dessa vez meu gemido não foi imitação, foi pelo descontrole que o tesão causou em mim . E assim ficamos um tempinho com ele esfregando na minha entradinha com movimentos de vai vem até que eu comecei a estremecer embaixo dele e a gemer de tesão feito louca tentando sair de baixo dele e numa dessa mexidas pra tentar sair ele forçou minhas pernas com as dele e eu abri mais um pouco e ele aproveitando que eu tava completamente entregue ao tesão que ele me proporcionava, afastou um pouco o quadril do meu e colocou a cabeça do pau bem no rumo do meu buraquinho e soltou o peso do corpo tentando empurrar pra dentro de mim, eu dei um grito, dessa vez foi um grito mesmo de toda altura, era uma dor angustiante e eu comecei a pedir a ele pra parar que tava me machucando apesar do tesão que eu sentia eu não conseguia suportar a dor e ele continuava forçando e eu tentando fechar as pernas mas não conseguia porque ele não deixava e mesmo assim ele só conseguiu fazer com que entrasse a metade da cabeça mais ou menos mas mesmo assim doeu demais, e quando eu olhei pra porta meu irmão tava em pé olhando e se masturbando com uma cara de quem tava gostando de me ver ali naquela situação, sofrendo daquele jeito .Eu pedi pra ele mandar o marquinhos parar, mas ele falou que não, que eu tinha aceitado e que agora tinha que cumprir e ser a mulher dele, e saiu pro banheiro pra terminar seu goso me deixando sozinha naquela agonia, até que fui perdendo as forças e meu corpo amoleceu todinho e eu fiquei a mercê do marquinhos . Ele continuou forçando, puxando e empurrando e eu não entendia o porque que ele não acabava rápido como nos outros dias, que pouco depois que ele começava a se esfregar em mim logo gosava, pensei em tentar ajudar pra ver se ele acabava logo e dei uma reboladinha mesmo com ele estocado em mim e quando eu mexi os quadris ele puxou um pouco e tentou enfiar de novo, mas o pau dele escorregou indo parar na porta do meu cusinho onde não encontrou resistência, e foi entrando e se alojando bem no fundo acho que porque eu já tava acostumada com ele enfiando os dedos em mim nas nossas brincadeiras . Doeu muito também porque seu pau era mais grosso que os dedos, mas entrou tudo e quando eu senti que ele tava todo atolado em mim, ele deu umas bombadas e logo estremeceu com seu goso que parecia não terminar . Foi uma experiencia horrível, fiquei muitos dias sem voltar na casa dele, mas com o tempo aos poucos eu fui voltando, porque enquanto eu não voltei pra brincar com ele, ele não deixou meu irmão jogar videogame, mas a partir de quando voltei a frequentar sua casa, eu impus minhas regras também e deixei claro que eu só ia deixar ele brincar com meu cusinho, e na xaninha nunca mais ele tentou colocar, só passava a mão . Nela eu só deixei colocar depois de bem maiorzinha, já com 13 anos, mas aí fui eu que quis e não por vontade do meu irmão . Beijos