Um cu da adolecencia que me ajudou a comer minha filha

Click to this video!

oi leitores,tenho 56 anos e trabalho com vendas de peças de caminhoes,sou branco,1,80 mts de altura e peso 79kg,divorciado, o que vou contar aconteceu a muitos anos,e começou aos meus 6 anos,e so vou contar porque alguns dos participantes ja faleceram,e outros nao vejo a mais de 40 anos;……Morava em um lugar que moravam quase todos meus parentes,tios, tias, avos,primos,enfim viviamos uns na casa dos outros;eu era da turma dos mais novos,pois tinha primos ja casados,comecei um dia fazer troca troca com um menino que nao era parente,o nome dele era helio,e tinha a mesma idade que eu,nos tinhamos 8 anos,eu aprendi sacanagem com uns vizinhos, a lia,o carlinhos e lili;eu botava na lili e dava e comia o carlinhos,e a lia me fazia a chupar ela, eu tinha uns 6 anos e isso durou ate ei ir pro colegio com 7 anos,eles se mudaram e nao fiz mais ate começar com o helio,ele preferia dar e ficamos fazendo quase todo dia,um dia um primo meu deu um flaga na gente,o nome dele era lucio, ele tinha 14 anos, aí ele me chantagiou e me levou pro mato,la ele tentou enfiar mais nao entrou,alguns dias depois minha mae foi na casa dele e ele me chamou pra pegar manga,fui e la ele disse que queria fazer,isso é, botar em mim,ele tinha trazido um pote com pomada e passou na minha bunda e no pau dele, mandou eu ficar de quatro e enfiou o pau em mim,doeu muito mas ele me segurou forte e meteu ate gozar,fui pra casa com o cu coçando e ardendo,uns dias depois ele foi la em casa e me chamou pra andar de bicicleta,eu gostava muito mas nao tinha,sentei no bagajeiro e ele me levou de novo pro mato, la meteu de novo,nao doeu tanto e eu deixei ele ficar metendo,no outro dia ele veio de novo so que a pé, e me mandou chamar o helio,ele levou nois dois pro mato e meteu no helio que deu sem reclamar,depois meteu em mim,ai ele trouxe outro primo,o dodô,e eles metiam em nos dois,isso tornou-se uma rotina,mas tudo era mantido no segredo,um dia fui pra casa dele levar uma encomenda e o irmao dele de 16 anos estava sozinho em casa e me cantou e dei pra ele,seu pau era grande e doeu,mas ele forçou e entrou,meu cu ja estava meio aberto, depois desse dia era comido por tres,o dodô parou de me comer quando fiz nove ano, e o irmao mais velho de lucio quando fiz 10,nao sei porque eles pararam,mas lucio me comia sempre,o helio foi morar com o pai e quase nao aparecia,quando fiz 13 anos passei a comer dois irmaos,o cacá e sua irma a jane,caca tinha 7 anos e a irma 5,meu pau ja estava bem grandinho,acho que era de tanto ele ser empurrado pelo pau do lucio,pois quando ele me comia sentia meu pau aumentar eu ja estava começando a gozar e levava o caca e a irma pra minha casa e metia,tudo nele e na jane era chupado e ficava beijando ela,e sarrava sua chotinha,o helio tinha outro irmao menor que era filho de outro pái e um dia ele me chamou pra botar nele,fomos pra traz da casa dele e sem eu pedir ele me chupou e ate me beijou,ficou de costas pra mim e baixou as calças,me abaixei um pouco porque eu era maior e passei cuspe no meu pau enfiando de uma vez,ele ja tinha dado para um tio e meu pau foi todo,gostei tanto de comer ele que parei com meu primo e com os dois irmaos,fiquei quase casado com o felipe,esse era o nome dele; ele tinha seis anos e eu 14,nois fudiamos feito gente grande,e as vezes ele dormia la em casa,e ate tinhamos ciumes um do outro,ai eles se mudaram e eu ja estava com 16 anos e ele 9,e eu sempre ia na casa dele, mas era meio longe e foi ficando dificil,passou um tempo e fui pro quartel, nao quiz ficar e pedi baixa, nese meio tempo minha mae faleceu e meu pai casou-se de novo,fiquei na nossa casa e meu pai foi morar com a sua mulher em outro bairro, fizeram uma casa do lado da minha e veio morar uma familha,marido,mulher duas filhas e um irmao da mulher,as meninas tinham uma 6 a outra 8 anos, e o garoto tinha 11 anos,eu trabalhava como funcionario publico e estudava a noite,minha escala era dia sim dia nao e um dia quando estava em casa o garoto veio me chamar, era a mae dele que pediu pois estava sem luz,fui ver e concertei,quando voltei o garoto veio,era um moreninho com uma senhora bunda,comecei a brincar e fazer umas perguntas e em poucos minutos ja metia nele,o cuzinho dele era apertado e ele adorou dar,dei duas gozadas e passei a meter nele os dias que ficava em casa, um dia ele trouxe as sobrinhas e me disse que ele ja tinha esfregado nelas com um papo de nao pode contar brinquei com as duas e gozei no cu do garoto,eu estava com 20 anos nessa epoca, meu pai veio me avisar que ia vender a casa,eu teria direito a metede do valor,e quando vendeu eu fui morar mais perto do meu serviço,com 21 anos me casei e logo nasceu pois minha mulher ja estava gravida quando casamos,tanto eu como minha mulher trabalhavamos,ela de segunda a sabado numa loja de roupas, ela era a gerente,saia as 7,30 e so voltava as 20,30 hs quando eu estava trabalhando minha filha ficava com uma vizinha,na minha folga eu cuidava dela,um dia encontrei no onibus com a vó de felipe, ela sentou do meu lado e estava feliz em me ver,e me deu seu endereço,no domingo estava de folga e minha mulher em casa chamei ela pra ir comigo,ela disse que estava cansada e fui sozinho,eu tinha uma variant velha mas muito boa e chegando la soube que o marido dela ja tinha falecido e ela morava com a filha mais velha,perguntei pelo felipe e pelo helio, ele morava com a mae e o felipe estava todo enrrolado,ele foi testemunha de um roubo e entregou os ladroes que o juraram de morte ela me disse,;quando voces eram novos eram muito amigos mesmo com a diferensa de idade,e eu repondi que realmente gostava dele, ai ela me pediu pra ele ficar na minha casa pois era bem longe e ele estaria seguro,quando cheguei em casa conversei com minha mulher e ela concordou eu estava com 24 anos entao o felipe tinha 16 anos,marcamos e fui buscar ele,, nao tinha mudado quase nada,so cresceu, na minha casa tinha um quarto de empregada que nunca tinha sido usado e ele dormiria la,conversamos muito mas nao falamos de nossas sacanagens,no outro dia fui trabalhar e quando voltei ela tinha feito uma senhora faxina na casa,e tambem fez comida,minha mulher adorou e no outro dia comprei umas servejas e refrigerantes ele nao bebeu por ser menor,minha filha tinha sete anos e logo se apegou a ele,ficamos os tres na cozinha eu fiz a comida e depois de algumas cervejas perguntei se ele se lembrava de quando eu era seu vizinho,ele disse que lembrava de tudo,depois do almoço botei minha filha pra dormir e continuamos a conversar e ele falou que estava namorando uma garota mas com a confuzao nao podia mais ve-la,ai veio na minha cabeça,..ele nao virou viado,ai ele disse que trabalhou num restaurante e aprendeu a cozinhar,durante a semana ele limpou meu quintal e ate lavou meu carro,ja na outra semana era ele que cuidava de minha filha,um dia quando estava de folga fazia muito calor e fui tomar banho, nao tinha toalhas no banheiro e pedi pra ele trazer,ele entrou e eu de proposito deixei ele ver meu pau,que estava duro,me sequei e fui pra sala,ai perguntei se meu pau tinha mudado,ele falou que estava melhor,perguntei se depois de mim ele tinha feito com mais alguem e ele disse que com o tio mas so duas vezes,e eu perguntei se ele tinha vontade,ele disse que sim,meu pau tava duro e tirei pra fora, ele veio e chupou, fomos pro quarto dele e meti a pica no cu,ele parecia que tinha voltado a infancia e gozou junto comigo,seu pau era um pouco menor que o meu e na hora do tesao segurei e punhetei ele,demos um descanço e antes da minha filha acordar deixei ele me comer, e comi ele de novo,nosso segredo estava bem guardado pois ele agiu naturalmente quando minha mulher chegou; entrei de ferias e metiamos sempre, e as vezes eu gozava com ele me comendo e ele tambem,quando voltei a trabalhar,meu carro deu um problema mecanico e falei que ia na oficina,pois tinha que trocar uma peça,ele ficou tomando conta da minha filha e eu sai,quando cheguei na oficina o carro teve que ficar e voltei de carona com um conhecido,entrei pela porta dos fundos,felipe estava sentado no chao da sala com minha filha no colo,ela se levantou rapido e notei que ele estava de pau duro,ele disfarsou e eu fui pro quarto tira a roupa, coloquei um chorte e vim pra sala ele saiu do banheiro e agiu naturalmente me perguntando sobre o carro,a noite fiquei pensando na possibilidade de ele ta de sacanagem com minha filha,e meu pau ficou duro,fui trabalhar e na minha folga fui buscar o carro,cheguei em casa e observei minha filha, ela tava com uma carinha de sonsa,ai falei que ia fazer umas compras mas na verdade jatinha feito e estava no carro,sai e deixei o carro na esquina,voltei pra casa e entrei sem fazer barulho,ele etava com a menina no quarto dele e subi no botijao de gaz que ficava do lado de fora e espiei pela janela,ela tava com a calcinha arriada e ele metia em seu cuzinho,pensei em acabar com a festa mas meu pau ficou duro e fiquei assistindo,ele deve ter gozado e foi com ela pro banheiro e eu fui pegar o carro, quando cheguei ele ajudou a pegar as compras e eu fingi que tinha acabado meu cigarro,e ele saiu pra comprar,chamei minha filha e coloquei a mao na bundinha dela e perguntei se o felipe mexia ali, ela me olhou e disse que nao,a safadinha ja sabia mentir,na minha proxima folga pedi que o felipe fosse pagar uma conta pra mim,ele teria que ir de onibus,assim que ele saiu sentei na sala e botei meu pau pra fora,minha filha olhou e veio pra perto,e ela mesmo arriou a calcinha ai nao tinha volta,melei ela com um gel e fui enfiando,ela aguentou meu pau e eu gozei nela,e alguns dias depois fodiamos nois tres ele metia nela e depois ele metia em mim e eu nela,isso durou um ano e pouco e,ele foi pro quartel e nao apareceu mais,ate hoje nao sei o que houve,algum tempo depois me separei e fiquei com minha filha,comia ela todos os dias e foi eu quem tirou seu cabaço,quando ela fez 23 anos se apaixonou por um argentino e se casou e mudou pra terra dele,e so nos comunicavamos por telefone mas agora usamos a internete, e vejo sa fotos de minhas duas netas,ela sempre me chama pra visitar-las,sera que vou conseguir comer as meninas, se conseguir eu escrevo pra voces .