Primeira vez que comeram meu cuzinho!

Click to this video!

Ontem eu fui em um barzinho com uma amiga, estávamos sentadas no balcão conversando, pra variar estávamos fofocando e colocando os assuntos em dia.. Até que um cara, com fisionomia de Alemão, sentou do meu lado e falou que o zíper do meu vestido atrás estava um pouco aberto, morri de vergonha na hora, pra alguém estar vindo me avisar é porque estava muito escandaloso já! Então ele me olhou, riu junto comigo e falou.: – Não, deixa que eu fecho – enquanto ele fechava ele continuou falando – Tua costa é bem bonita e malhada! – Eu não tinha mais o que falar, estava vermelha de vergonha e agradecendo ele por ter me avisado, e aí ele me disse que como agradecimento eu deveria aceitar um drink pago por ele, não sou boba nem nada, aceitei! Começamos a conversar, nisso minha amiga já tinha arrumado um cara pra ela conversar também, então estava tudo certo! Conversa vai, conversa vem, ele me convidou para ir para casa dele. Eu não sou tão idiota assim, não aceito nunca, fico sempre com medo, mas ele era um caso à parte, perder a oportunidade de dar para ele iria ser um arrependimento total! Eu dei tchau para minha amiga, paguei a conta e fomos. Entramos no carro dele, ele foi super gentil, abriu a porta para mim e tudo mais… No caminho para a casa dele, fomos conversando sobre lugares para morar e etc, e aí ‘sem querer’ coloquei a mão em cima da coxa dele, quase perto do teu pênis mesmo.. Quando coloquei a mão já senti um volume a mais na calça, minha buceta já pulsou de tanta emoção.. Chegamos na casa dele, entramos e ele foi até a cozinha, pegou um vinho e me ofereceu, eu aceitei, sentei no sofá e esperei a magia rolar… Ele sentou bem perto de mim e começou a me beijar, beijava meu pescoço, orelha e minha boca, até que ele me perguntou se eu estava preparado, meu querido, eu nasci preparada! Eu empurrei ele e deixei ele sentado no sofá, meio largado assim, sentei no colo dele e comecei a rebolar em cima dele, eu só sentia o pau dele aumentar e encostar na minha buceta, claro que eu fiz tudo aquilo para provar… Rebolava gostoso, até que eu me levantei, me virei de costas e comecei a rebolar de novo, ele batia na minha bunda e às vezes eu ouvia ele gemer bem baixinho, ele estava com muito tesão! E abaixei na sua frente e mandei ele tirar a calça, peguei o pau dele, que estava muito duro e delicioso, e comecei a chupar.. Passava minha língua na cabecinha, depois ia descendo até as bolas, chupei suas bolas e intercalava entre chupar e bater uma punheta.. Fiz isso por uns 3 minutos, mas minha boca nunca estava satisfeita e sempre queria mais, chupar aquele pau já valeu minha noite! Então ele me pegou, me colocou sentada no sofá e apoiou uma das Minhas pernas na mesinha que estava de frente para o sofá, tudo para minha bucetinha ficar amostra… Ele chupava minha buceta igual criança chupa um pirulito, porra aquilo era muito bom, sua língua parece veludo, sempre muito delicado! Então ele subiu em cima de mim e começou a passar a pau na minha buceta, ele só provocava, e minha bucetinha pulsava desesperada querendo ser comida logo… Ele colocou só a cabecinha e ficou alisando, minha buceta transbordou, depois foi colocando devagar até conseguir colocar tudo… Ele meteu, mas meteu muito gostoso, eu gemia muito alto e dava gritos de tesão, até que ele falou.: -Nossa, sua buceta é bem apertadinha, do jeito que eu gosto! – se eu já estava molhada, aquilo me fez ficar pior… Ele sabia como foder, pqp, que saudade daquele pau de 20 cm entrando nesse bucetinha inocente! Ele me virou de costas e me deixou de 4, eu estava apoiada no encosto do sofá e no sofá, ele deu um tapa bem forte na minha bunda e falou ‘vai safada, deixa eu comer esse cuzinho apertadinho’ e em seguida deu mais uns 2 tapas, cada tapa era um grito de tesão… Ele passou o dedo na minha buceta, abriu bem minha bunda e lambeu tudo, depois foi colocando seu pau bem devagar, ele colocou a cabecinha e eu já gritei tanto de dor quanto de tesão, cada vez que ele colocava mais um pouco era um grito… Até que ele enfiou tudo e eu estava com uma cara de dor mas com muito mais tesão… Ele fazia os movimentos bem devagar mas depois foi aumentando a velocidade, meu cuzinho nunca tinha sido comido, e olha, foi comido bem direito porque pqp, que delicia! Quanto mais eu gemia mais ele metia, até que ele parou… Sentou do meu lado e me colocou no colo dele, brinquei com o pau dele um pouco mas minha buceta logo engoliu ele, quiquei gostoso ali, enquanto ele agarrava meus peitos e os chupava, muita emoção acontecendo de uma vez só, pronto, Gozei tudo no pau dele… Ele me olhou e disse.: – Safada gostosa, que delicia de buceta! – sai do colo dele e bati uma punheta pra ele, ele já estava quase para gozar também, mandou eu fechar os olhos e abrir a boca, pqp esse vai ser sempre o melhor gosto… Depois limpei o pau dele, chupando é claro e me vesti… Ele riu para mim e disse.: – Quando vamos nos ver de novo?’