Minha esposa fudeu no carro do vizinho…..

Click to this video!

Meu nome é Marcos, tenho 40 anos e minha esposa tem 38. Somos casados ha 15 anos, e confesso que de uns 8 anos pra cá, a ideia de ser corno se tornou a cada dia mais forte em minha mente.
Certa vez, ja não aguentando mais de tando tesão, contei pra ela no Motel. Perguntei se ela tinha coragem de transar com outro homem e comigo junto. Na mesma hora ela disse que isso jamais faria pois era coisa de puta etc e tal. Confesso,fiquei muito triste.

Com passar dos anos, como nunca desisti da ideia, fiquei sempre falando no assunto. Eu percebia que ela tinha sim vontade,mas nunca assumia. Depois de uns 4 anos falando nisso, é que ela veio dar sinais que queira mesmo outra rola. Mas não seria nada fácil a batalha. Tentei vários caras. O desespero era tão grande, que eu falava em amigos até, coisa que antes eu mesmo criticava . Sempre dizia, conhecidos não. Bem, depois depois de ir a casas de swing, e nada ter acontecido, comecei a desistir da ideia. Mas as vezes eu via a alegria dela quando sentia tesão em algum cara. Então eu não perdia tempo, tratava logo de falar do cara pra ela e isso me deixava bem louco de tesão. Meu pau pingava so de falar.

Bem, para chegar logo ao que realmente quero contar, mudamos para uma casa alugada pois onde morávamos o contrato havia terminado.Depois de um ano mais ou menos, ela falou do vizinho e deu risada. Opa, percebi….. Risada de tesão. Logo começei a falar do cara. Ela so dava risada. Comecei a perceber que mesmo não tendo amizade com o vizinho quando ela o via o sorriso era largo, alegria e brilho nos olhos me davam a certeza. Ela quer meter com ele. Bingo.

O cara, não tinha amizade com agente. Somente bom dia e boa tarde. Bem, comecei a trabalhar minha mente. Certo dia eu disse pra ela. Vamos fazer o seguinte. Eu vou sair, isso eram umas 7 horas da noite de um sabado, e daqui a pouco te ligo e você pergunta se ele pode fazer um socorro, que meu carro esta sem gasolina.Assim fiz. Liguei pra ela depois de uma 1 hora que tinha saído. Ela foi ate o vizinho, chamou e disse. Vizinho, desculpa te encomodar, agente nem tem muito papo, mas preciso de um favor seu. Se puder ajudar, tudo bem, se não der vou entender.

Ele, de prontidão, disse:
Não, que é isso, pode falar. Aé, ela já com os olhos cheios de tesão, e olhando fixamente dentro dos olhos dele, disse.

Meu foi na casa de meu cunhado e quando voltava acabou a gasolina. Como não tem posto aberto, serã que você poderia fazer um socorro? Por favor, pode cobrar, não tem problema algum, mas so tem você mesmo que posso contar agora, ´e possível?

O cara não pensou. …. Respondeu, mas é lógico que é isso, vamos sim. Mas você sabe onde ele está? Ela, sim, sei, ele ja me explicou. So nao sei como te falar, posso ir junto, se não tiver problemas pra você. O cara, disse… Claro que não,vamos la sim. A esposa dele sequer pensou algo, pois sabe que somos vizinhos e que nenhuma intenção poderia estar ali.

Bem, ele tira o carro da garagem, ela entra, e seguem para o posto mais próximo. Minha esposa me liga e diz:
Olha, já estou saindo com o vizinho ta? Acho que vai demorar um pouco pq ta chovendo um pouco, espera ai. Puxa, eu louco de tesão, nem acreditava naquilo. Minha mulher enfim dentro do carro do cara que ela vivia com a buceta melada de tesão. A cada 5 minutos pareciam uma eternidade. Que delícia era aquilo.

Nisso, eles foram sim ao posto, mas o posto não poderia vender a gasolina porque não tinham levado galão. O posto não tinha o maldito saquinho, e a coisa se complicou. Bem, ela me liga e conta isso e me pergunta. E agora ? Não tem como agente sair daqui sem a gasolina… Falei assim, faz o seguinte, fala para ele colocar no carro dele uns 10 litros, e traz uma mangueira que temos em casa e la pega um galao ou garrafa, mas não perde a chance.
Bem, assim foi feito. Ela passou em casa, e foi ao meu encontro.

O carro do vizinho era meio velhinho e ele ia devagar, ate porque estava chovendo e realmente a coisa e perigosa. Ela ia conversando com ele, e olhando dentro de seus olhos. Ela diz que o cara estava ficando louco de tesao por ela, e para a coisa piorar, ela abriu mais um botão de uma camisa de botão que eu tinha dado de aniversário. Os seios agora mais a mostra. O cara totalmente louco e ela ja toma melada…. Certa hora, ela me contou que como que num passe de magica, ela sem querer ou involuntariamente coloca a mão nas pernas dele. Ela tremia de tesão, mas também medo. Além de ser a primeira vez, não sabia qual era a reação do cara.

O cara, acho que ja estava pronto pra dormir. Ela sentiu ao escorregar a mão, que o vizinho estava com a vara explodindo de tesão. Muito dura, e ela percebeu um grande volume.Pra quem conhece bem Praia grande, eles trafegavam pela orla, e lá e cheio de lugares para encostar de frente pro mar. Por sorte, pela chuva não passava ninguém, e foi ali mesmo que o meu vizinho encostou seu gol meio velhinho, para facilitar para minha linda esposa realizar o ela queria.

Assim que encostou, ela diz que não pensou nem sequer falou nada. Se ajoelhou no chão, puxou a bermuda do vizinho, o pau dele saltou pra fora. Ela disse que nunca tinha visto aquilo em em filme. Um jumento. Não tem noção de tamanho, pois minha esposa so havia metido comigo, não conhecia outro cara.

O vizinho abriu as pernas, sem falar na, coloca as duas mãos cabeça de minha esposa, e puxa em direçao ao mastro. Ela, babando de tanto tesão, engole a cabela, violentamente e ali começou a xupar sem parar a rola dele. Ela mamava muito a cabeça, descendo para o saco, lambeu suas bolas, intercalando direita e esquerda, e batendo uma punheta para realmente o vizinho ter um momento inesquecível. Nesse momento, eu ligo, mas o celular so chama. Sem mentira, liguei umas 10 vezes, e nada.

Quando mais eu ligava, ela me conta que mais ela intensificava a abocanhada na rola dele. O vizinho começou a tremer de tanto tesão, minha esposa conta. Bem, isso se passaram sei la uns 10 minutos, ela ja nao aguentando mais, perguntou,…

Você tem camisinha? responde ele, nao… nem posso andar com isso, minha mulher vai querer saber porque…. A coisa ficou foda foi ai. Minha mulher queria a rola dele…. Mas tinha muito medo…

Eis que ela me liga, e fala …. Olha, tivemos que parar um pouco aqui, porque tem poça d’aqua. Ele disse que é melhor esperar passar um pouco a chuva,e depois vamos pra ai.

confesso que entendi tudo. Ali tinha putaria. Então respondi, tudo bem, espera um pouco e quando terminar então você vem.

Mas ela estava inquieta eu percebia e ai perguntei baixo…. Rolou? Rolou? … Ela, …..espera…espera…

Saiu do carro, correu para um quisoque e falou, você não sabe.!?
Falei, o que? Ela disse,…. Olha peguei ele, e chupei o pau dele um tempão… nossa… nem sei te contar como estou aqui… Mas eu queria mesmo sentar…. vc deixa? .. Falei, com voz bem baixa, pois eu ja estava todo gozado so de ouvir aquilo, sem contar minha imaginação na horas de tantas ligações….

Respondi sim, pode meter meu amor… Tantos anos querendo isso… Mas ela diz, nao… o pior nao é isso, ele nao tem camisinha, estou louca pra meter… deixa… Sinceramente, tudo aquilo parecia filme.. Minha mulher que nunca quis isso, me pedindo pra dar a buceta pro cara que nem camisinha tinha……

Ela insistia… deixa? que vc acha? Ai perguntei… quero saber de você… Você quer meter assim? Ela, nossa…. é tudo que mais quero na vida… Ai, nao teve mais assunto…falei, vai amor… mete, e vem logo pra me socorrer,rs..

Desligou, entrou no carro, e disse pra ele… Tem um cara la ajudando meu marido ache nem vai ser preciso irmos la… Nisso, ela senta no colo dele, e começa a esfregar a buceta toda melada. Ele deitou o banco,foi mais pra traz, e com o pau pra fora, esperou ela agir…

Não deu outra, ela tira a bermuda, e mesmo com a calcinha ainda, afastou um pouquinho, arrumou a rola dele, sentou e começou a cavalgar como louca. Pedia pro vizinho fuder ela com toda força e tesão que tinha… Mas não durou 5 minutos, ela sentiu a porra quente escorrer na buceta dela… Nesse momento, minha esposa me disse que não aguentou, e deu um abraço bem forte, beijo na boca como ela gosta quando vai gozar, e gozou muito forte na rola dele… Gozou tanto, mas tanto, que ele meso perguntou se ela estava passando bem.

Depois disso, ela me liga e diz, ja parou a chuva, ja vamos ai… Mas eu falei, não deixa, fala obrigado pro vizinho, e volta, pq um cara daqui me vendeu uma gasolina e ja estou voltando. So ou agradecer ele e pronto..

Então foi isso. ELa disse, vamos embora, porque ele ja vem voltando.Olha isso que aconteceu aqui, ninguem pode sonhar.. Nem meu marido….rs…

Bem, ele pediu entao que ela desse outro beijo na boca como aquele quando gozou.. Ela deu, bem demorado, apaixonado… Ficaram la ainda uns 10 minutos e vieram embora.

Quando cheguei em casa, e vi a cara de felicidade ela, me senti mesmo realizado. Apenas perguntei.. e ai, o que achou? quer isso novamente? Ela, sorrindo bem gostoso respondeu.. Pode ser sempre com ele? kkk.

Gente, posso afirmar.. Nenhum tesão se compara a isso.