Meu sobrinho

Click to this video!

Olá, boa noite !
Esse conto que me aconteceu é pura verdade, vamos a ele.
Eu sou casada, tenho filhos e um sobrinho que quase todo dia estava em casa. Nessa época ele era um rapagão, bonito e me olhava sempre, mas não queria acreditar nisso.
Em um certo dia estava deitada em um sofá cama assistindo, tava frio e lembro que era um sábado e assistia desenho. Meus sobrinho levantou tomou café e ficou no sofá ao lado. Eu vi que estava com frio, resolvi chama-lo, mas sem intenções e ele veio e se deitou em baixo das cobertas. Eu estava de camisola e ela sobia quando me mexia, e fui percebendo sua aproximação até que me encoxou, na hora me assustei, mas fui gostando e ele teve a coragem de apertar minha bunda. Na hora tive que parar pois meus filhos tava levantando e sai de lá.
Eu fazendo as coisas e pensando naquilo, resolvi provocar. Coloquei um shorts tão curto, tão curto que minha dobrinha da bunda aparecia um pouco, nessa época meu marido trabalhava de dia, então, aproveitei. E ele continuava a me olhar, numa hora fui ao banheiro pra fazer xixi e abri a porta e peguei ele sem querer, na punheta, fechei rápido e disfarcei. Depois disso, ele saiu na cara dura e eu disfarcei também.
Foi se passando os dias e meu marido vem com a notícia que tinha mudado pra noite, e eu levei numa boa, pois era um aumento de salário praticamente. Meu sobrinho sabia da situação, até que numa noite escuto a campainha e falo quem é ? Ele responde, sou eu tia.
Eu abri o portão normal, quando estava entrando tem que passar um corredor escuro, pois morava em cima da sogra, ele me apertou de leve minha bunda e eu agindo naturalmente coloquei o bundão na cara dele quando tava subindo a escada, até aí nada demais.
Nessa noite meu filho tava na escola, e minha filha numa amiga, estávamos sozinhos. Aí papo vai papo vem ele contou suas histórias, eu também, mas de olho nele, estávamos no sofá e ele foi passando a mão nas minhas coxas, descia tudo isso na conversa. Eu segurando, segurando, mas não aguentei e fui me virando com as pernas cruzadas até que levantei uma parte da bunda proposital e não deu outra ele foi acariciando, não tinha jeito, beijamos.
Naquele beijo meu coração disparou de susto com medo, mas ele vinha passando a língua no meu pescoço, cheirando ele, aquilo foi me deixando louca, e eu falava que não podíamos, mas ele continuava. Então, foi tirando minha blusinha, começou a chupar meus peitos com a mão na minha buceta e percebi um volume em seu shorts e meio com medo toquei de leve, e fui acariciando por fora ele pegou minha mão e colocou naquilo, nossa tava quente, duro, eu pensei o que to fazendo?, Mas continuei.
Ele chegou na melhor parte, tirou meu shorts e foi beijando ela, isso mesmo minha buceta, aiiiii eu gemia, mas tinha mais ele foi lambendo ela aiii eu não aguentei e comecei a gemer mais alto, mas nao podia, minha sogra podia ouvir, e ele foi mordendo meu grilo nossa tudo aquilo era ele eu pensava, ele me lambeu até me deixar molhada.
Quando pensei, ah já tá bom, ele me tira a vara e põe na minha cara, nossa o que era aquilo ? Rosinha virado pra esquerda. Eu me fiz de boba e perguntei o que ele queria, ele disse vc sabe, chupa ele tia chupa. Eu pensei to louca, mas fechei o olho pra não ver aquilo e coloquei na boca, nossa tava fazendo aquilo, meu marido nunca fez, e fui num vai vem e ele disse passa a língua mostra que vc sabe, eu sei tia, e lambi aquela vara.
Essa aventura continuava, ele me pegou colocou minhas mãos no encosto do sofá e disse é hoje gostosa, é hoje rabuda. Eu pensava ele ta louco, ta me xingando, mas deixei aquilo e ele foi colocando sem camisinha, nossa o que era aquilo, começou a meter, meter nossa esse menino parece que nunca tinha visto uma buceta e foi indo, aquilo foi ficando bom e resolvi entrar, comecei a gemer aiii vaiiii soca tudo aiiii meu gostoso soca, derrepente ele parou estava suado eu pensei tá bom né, que nada.
Depois ele me virou e disse vem sentar vem tia, e eu fui coloquei pra dentro nossaaaa virei o olho, três pulada eu já tava gemendo de novo aiiii isso aiii tá gostando tá meu sobrinho hummm, e ele me xingando cadela, gostosa rabuda. Até que finalmente ele avisou que ia gozar e me jogou pro lado. Aquilo não espirrava, jorrava gozo lambuzou o sofá, o chão e escorreu nas suas coxas.
Passado isso, ele ficava me olhando sem acreditar e eu mais ainda. Ele disse o que foi isso ? Eu disse loucura, por favor ninguém sabe e vai pro banho menino anda, ele foi se lavar e eu, limpar a beleza que ele fez.
Hoje me mudei pro interior, ele casou e vai ter um filho, mas mesmo ele casado eu vi ele uma vez na minha mãe e aproveitei quando todos dormiam.
Pessoal tenho muitas histórias com ele, depois conto mais.
Bjs !!!