Fiquei viciada em Cachorro

Click to this video!

Oi pessoal,,, sou eu Jani, estou com um novo conto, da minha vidinha de cadela pra vocês, bom pra quem não me conhece já relatei dois contos que aconteceram comigo só este ano.
Bom vamos para o conto:
era dia normal voltando da faculdade umas 22:40, quando cheguei em casa tive uma noticia maravilhosa minha mãe disse que iria viajar e que levaria minha filha junto pois estava de férias e eu também da faculdade, logo pensei….. Aiii vou ter a casa só pra mim. minha mãe me convidou mas neguei logo disse que NÃO PODERIA POIS SO TINHA 6 MESES DE TRABALHO E LA NA CLINICA PRECISAVAM MUITO DE MIM.
então ela fez as malas e partiu para minha cidade de origem, alagoas que eu nasci mas fui criada em são Paulo desde os 9 anos, Meu pai pediu um taxi e foi direto, para o aeroporto de confins,pedi para minha mãe me ligar quando chegasse em são Paulo, pois o avião fazia escala BH,, SP ate Alagoas, Naquele dia fui trabalhar muito excitada pois não parava de pensar em minha nova TRANZA COM UM CACHORRO cheguei cedo para o trabalho e fui logo dizendo para veterinária que estava disponível para fazer plantão ou horas extras, ela concordou e me agradeceu nossa mal sabia ela que eu que ficaria agradecida, naquele dia meu tesão estava tanto que tive que ir ao banheiro duas vezes no dia bater uma siririca pois cada vez que lavava um cachorro minha bucetinha ficava molhada de tanto tesão, chegou final de tarde e nada da veterinária me pedir pra ficar no plantão…então fui ate ela e me ofereci, mas ela disse que não necessitava pois tinha poucos cachorros no hotelzinho.
nossa aquilo me deixou triste fui embora pensando como vou fazer nas férias pois já tinha ums dois meses que tinha tranzado com um DOG.
Peguei a lotação e fui meio triste pensando vou ter que me contentar com minhas cenouras ou vibrador, mas não e a mesma coisa quando sente um cacete te penetrar aquelas socadas gostosas na buceta aquela sensação, gostosa de ficar com as pernas bambas e gozar parecendo que vai desmaiar de tesão.
cheguei em casa tomei um banho e fiquei so de camiseta fui pro computador ver alguns filmes pornôs para aumentar o tesão, foi quando escutei latidos vindo ada rua fui verificar e meu tesão aumentou vendo uma matinha de cães seguindo uma cadela no cio deu inveja queria ser aquela cadela, fui ate o portão da frente fingindo jogar lixo fora, pra não despertar atenção nos vizinhos, so pra ver bem de pertinho, fiquei excitadíssima e fui bater uma sirririca, fui dormir la pelas 02:00 da manhã acordei com latidos de cães, era a tal matilha perseguindo a cadela, levantei e fui olhar eles estavam deitados todos do lado dela descaçando,,,,, ai veio uma ideia fui ate a geladeira peguei dois bifes grandes e cortei em pedacinhos pequenos, fui tae o portão e joguei alguns dois cachorros farejaram e vieram correndo comer, mas ates de abrir o port~~ao verifiquei se tinha alguém observando minha rua estava deserta eu estava tão excitada e com frio que os biquinhos do meu peito quase furavam minha camisola de seda, abri o portão, bem devagar e continuei jogando entrou um vira-latas pequeno e logo depois um cão da raça weimaraner, grande gordo, fechei o portão rápido e os dois ficaram me observar joguei mais alguns pedacinhos de carne para os dois,e resolvi passar a mão no cão maior pois foi o que me agrado imaginei o tamanho do cacete do mesmo. foi dócil e palancou o pedacinho de calda pois era cotoco.
peguei o cinto do meu pai e fui logo atando na coleira do, weimaraner deveria ter dono pois estava limpinho e tinha um nome de fuzil, gravado na coleira levei ele pra cozinha e soltei o outro pequeno, estava tão exitada que não sabia se trepava ali mesmo na cozinha ou levava para o quarto me acalmei chamei pelo nome e ele atendeu balançando a calda dei o restante da carne para ele e o levei para o quarto tirei minha camisolinha e deixei que ele cheirasse minha bucetinha toda molhadinha pareceria que ele estava louco para trepar veio imediatamente logo que sentiu o cheiro e começou a lamber mordiscar minha bucetinha, nossa fiquei exitadissima comei a esfregar meu grelinho que já estava enxadinho de tesão, gozei so com as lambidas ele começou a querer subir em mim, virei de quatro, apoiando na beirada da cama e ajoelhando no chão, ele veio com suas patas dianteiras encaixando no meu quadril e forçando-me pra baixo pois era pesado não conseguia me penetrar pois sou baixinha sua pica passava nas minha nadegas mas não encontrava minha bucetinha que nesta hora já estava encharcada e pronta pra receber aquele mastro gigante e vermelho, então resolvi ajoelhar em dois travesseiro, e pronto ele subiu em mim arranhando toda minhas costas, pois suas unhas estavam grandes tentei tira-lo de cima para que eu colocasse uma blusa pois estava ardendo muito os arranhões, mas,,, nao deu tempo fuzil me acertou de primeira entrou de uma vez urrei de dor com aquele mastro grande na minha buceta ela abriu engolido tudinho, rebolava e ele enfiava cada vez mais ate que senti as bolas entrando com tanta força que não tive tempo nem de gemer, não dava pra saber se era ele ou eu que tinha mais tesão, ficou ali bombeando freneticamente ate que eu não aguentei e desmaiei no chão de tanto tesão, acordei alguns minutos depois dependurada naquele mastro ele estava sobre mim e eu pendurada naquela pica enorme de mais ou menos 25cm, tentei me soltar mas o no não deixava então voltei a posição de quetro neste momento ele enlouqueceu e começou a bombear novamente como de inicio fiquei desesperada pois já não aguentava mais minhas pernas estavam bambas, bateu um arrependimento, pois sentia uma dor enorme tentei ficar na altura dele mas não conseguia alcançar os travesseiros me retorcia rebolava para que ele parasse de meter mas cada vez mais ele fazia o vai e vem com mais força ate que ele gozou muiiiiittttoooo senti me encharcar tanto que ate escorreu nas minhas cochas, fiquei ali uns 30 minutos ou mais debruçada sobre a beirada da cama foi quando ouvi um ploft,,parecendo uma rolha, saindo de garrafa, nossa saiu uma pica vermelha grande e dependurada que quase esbarrava no chão, sentei ali mesmos observando aquele esperma saindo da minha bucetona que estava toda areganhada, deu vontade de chupara aquela pica mas quando toquei ele rosnou e não tentei novamente,, levantei fui ate o banheiro e tomei um banho pra relaxar, voltei pro quarto e fuzil vei ao meu encontro cheirando minha buceta,,, nossa devia estar possuída por aquele cachorro fui ate o guarda roupas peguei num para de meias e coloquei em suas patas peguei mei celular e liguei pra gravar fiquei de quatro de novo e chamei,,, ele vio novamente e subiu em mim como da primeira vez,, que energia lubrifiquei minha entrada com oleio de criança, e deixei ele enfiar tudo ai que delicia ele bombeava mais e mais e eu gemia alto delirando novamente com aquela pica e meu celular gravando tudinho, desta vez não fiquei muito tempo presa a ele, pois devido ao óleo e a minha buceta esta aberta saiu mais rápido, mas meu tesão não parou….lubrifiquei meu cuzinho e…….
Depois eu conto o resto esta na hora de ir pro trabalho ate a próxima……..