Começou como brincadeira!!

Click to this video!

Somos Cel e Eliz eu 51 e ela 48 ( bem branca de cabelos lisos naturais e curtos, 1e70 de altura,seios pq mas com uma bela bunda e coxas grandes), casados ha 25 anos,sem filhos, a tres anos atras,já aponsetado da vida profissional ( final de 2012),começou uma brincadeira entre nós.meio que sem querer,moramos em um condominio de apartamentos,onde tem a area de lazer,lá tem quiosques com churrasqueiras e uma piscina grande,mas o lugar é pouco frequentado,sempre muito cheio só de crianças,lá tem o Sr Durval,uns 65 anos que faz a parte de limpeza e segurança do local,apesar da idade um homem muito forte e alto,mas que raramente esta de cara boa,só fica com uma cara melhor quando ficava olhando descaradamente para o bikini de minha esposa,um dia comentei com ela,como Sr Durval olhava para ela,e Eliz respondeu que ja sabia disso,mas que ela não se incomodava,passei a reparar mais e mais naquilo tudo,o Sr Durval ao ver minha esposa chegando sempre ficava por perto,esperava ela se deitar para pegar sol e tb ajeitava a cadeira dele por perto,ficava lá,chamando a atenção da criançada e olhando para a bunda da Eliz,por algum motivo,aquilo não me irritava,na verdade eu ficava até excitado de ver um senhor daquele desejando o corpo de minha esposa,passei a entrar na brincadeira,ficava um bom tempo passando protetor na minha esposa,alisando sua bunda enorme,abrindo e fechando ela com os movimentos de passar protetor,Sr Durval ate mordia a propria lingua,rsrs,minha esposa tb passou a se divertir com isso,ficava arrumando o bikini e perguntava se ele estava olhando,passamos a fazer pose mesmo,ela deitava de barriga para cima,dobrava os joelhos e ficava se movendo..abrindo e fechando as coxas,isso deixava o homem quase louco,com o tempo reparamos que ele ficava de pau super duro olhando ela,aquilo passou a nos excitar,sempre que subiamos para o apartamento transavámos falando sobre o ocorrido,pegamos gosto por essa brincadeira de exibir,e passamos a fazer tb fora do condominio,praças,parques,barzinhos,não tinhamos mais limites,foi começando devagar,cruzadas de pernas usando vestido ou saia mais curtos,com o tempo minha esposa foi ficando craque nisso,deixava levemente as pernas abertas,exibição de calcinha,mais tarde sem ela tambem,postos de gasolina,enquanto abastecíamos,nas caminhadas pelo parque nas manhas de sabado e domingo,usando leggging transparentes e bem socadas na frente e atras,era uma delicia,ficavamos tão excitados com isso que passamos para uma nova fase depois de um ano mais ou menos,a ter contato fisico,o primeiro,foi pegar linhas de onibus lotados,ela sempre com roupas bem justas e com aquela bunda enorme chamando atenção,entravamos separados,eu ficava ao lado dela,e sempre arrumavamos um mais assanhado para encoxa la,teve varios dias incriveis nessa fase,tinha uma linha e horario que ela estava até conhecida pelos encoxadores,que não respeitavam mais nada,uma vez ela estava com uma especie de saia indiana,ate os pés mas bem fininha,ficaram em tres bolinando ela,um deles até me convidou para participar,rssr,todos disfarsando mas se dando bem,ficavam se revesando entre os seios, bunda e bucetinha,todos passando as mãos a vontade,era só ela subir no onibus e eles se ajeitavam para ela ficar entre eles,quando desciamos no terminal voltavamos de taxi,muitas vzs ela estava com gozadas no vestido,essa fase foi incrivel,nunca imaginaria que depois de se aposentar,seria no sexo a minha maior diversão.
Nesse tempo eu passava muito tempo trocando ideias em bate papos de sexo na internet,e sempre tinha alguma experiencia legal de outras pessoas,com isso acabamos indo conhecer um cinema porno,como não tem isso em nossa cidade,fomos em SP capital para conhecer,foi então a maior loucura que tinhamos feito até então,passamos cerca de 4 horas dentro desse cinema ( no primeiro dia ),assim como tinham me ensinado,sentamos e deixamos a poltrona do corredor vago,ao lado dela,essa poltrona dificilmente ficava vazia,rsrs,perdi a conta de quantos homens estranhos minha esposa punhetou e foi siriricada,era homem sentado na nossa frente,atras de nós,em pé no corredor olhando,todos com seus paus de fora para ela ver,teve um momento que tinham tres mãos diferentes bolinando ela,recebemos um monte de convites para comerem ela,mas não foi possivel,ela não se sentiu a vontade bastante para isso,o cinema foi tão bom que não retornamos para nossa cidade,ficamos em um hotel e de novo fomos no dia seguinte para o cinema,nesse dia levei varios preservativos,mas de novo ela não aceitou transar,mas teve o ponto alto,que foi ela se curvar e fazer um oral ( com preservativo) para um rapaz muito mais jovem que nós,outro grande momento foi eu ficar no corredor,conversando com os rapazes e ver ela entre varios homens,depois de tres horas dessa brincadeira ela decidiu que era melhor nós irmos embora,fomos seguidos pelos rapazes até a portaria com insistentes convites para transar,enquanto deciamos para ir embora,ela viu o rapaz que ela tinha chupado e o chamou,mesmo eu estando ao lado não conseguia ouvir oque eles conversavam,até porque só conseguia prestar atenção nas mãos deles,ele subiu a saia de minha esposa e ficou bolinando o cuzinho dela durante os 10 minutos que ficaram conversando,sem ela se importar com isso,e ela alisando o corpo dele,foi demais,no carro ela me contou que queria saber o nome dele,quantos anos,coisas assim,( ele estava na fase de quartel ) perguntei se ela queria que eu fosse buscar ele,ela riu e disse um outro dia talvez,mas acabei descobrindo o tesão da minha esposa por homens morenos e de corpo atleticos,como era daquele rapaz.
Em um outro dia contarei mais,esse conto é uma surpresa para minha esposa,que diz gostar muito dos contos e gostaria de um dia ter o nosso conto,aqui esta queria Eliz,essa é pra voce!!