Minha mulher bebada

Click to this video!

Tinha separado da minha mulher mas ainda tava na mesma casa ela saia voltava bebada quase sempre e dormia até de tarde um dia nós fechamos o pau e anoite ela saiu de novo e voltou bebaça caiu na cama e logo ronco tava de saia curta e mine blusa com um conjunto vermelho por baixo fico lá estirada com suas pernas abertas mostrando sua calcinha atolada não aguentei cheguei perto pra ver melhor meu pau subiu como rocha mexi nela nem sinal botei a mão na xota dela senti aquele calor dai ela se viro de lado mostrando aquela bundona coma calcinha atolada nossa isso foi a gota tentei tira sua calcinha não consegui deitei do lado dela na cama fui tentando tira mais nada só desceu um pouco mas então tirei de dentro de sua bunda e fico folgada tentei puxar de lado com os dedos e consegui afastar a calcinha deixando aquele rego todo exposto não vendo nenhuma reação dela pensei vou meter nessa bunda tava com muito tesão sabia q não devia mas quando se pensa com a cabeça de baixo né louco pra enfiar me ajeitei tirei o pau pra fora cheguei bem perto da bunda e pincelei devagar mas tava ruim com sua calcinha entrando entre meu pau e sua bunda segurei com os dedos a calcinha e com outra mão guiei meu pau na sua bunda fui colocando entre aqueles dois montes q ela tinha fui sentindo aquelas polpa se abrindo comecei sentir um calor vindo de seu furinho e fui indo naquela direção até encostar na portinha meu pau tava salivando demais logo molhei toda sua bunda comecei forçar devagar na portinha começou se abri logo abraço minha cabecinha q sensação maravilhosa nisso não tinha mais volta fui enfiando mais até q não deu pra ir mais foi metade mas já tava feliz de poder comer aquele rabo fui fazendo movimentos lentos de vai e vem mas me empolguei um pouco e meti com mais força se mexeu um pouco mas logo parou eu fiquei parado por uns minutos mas com o pau dentro dela logo meti de novo tava indo a loucura com aquilo com o tesão a sensação de proibido me deixava mais louco meti meti até não aguentar e jorrar toda minha porra dentro daquele furinho ali fiquei até amolecer mas não acabou se passou um tempo lá tava eu de novo mais sso fica pra outra vez.