Viado Macho

Click to this video!

Familia de viados é foda inventa moda só pra dar o cu. Fernando o viadinho menor apaixonou-se pelo picudo do peão da fazenda vizinha, Raimundo era a paixão e o fogo de Bené um não podia ver o outro, a porra pegava, eu não escolhi queria Bené, depois O Padre, depois os 4 peões só pra mim e vejam só o que sobrou; meu tio foi se apaixonar pelas minhas pregas pior vivia implorando para me comer em qualquer lugar, não se importava queria chupar lingua em qualquer lugar passava a mão tive que usar o plano B comi o viado veio fui obrigado, sapequei a pica no rabo dele gravei e ameacei divulgar. Só assim titio diminuiu o impeto, não sei que segredo meu cu tem que apaixona, o fazendeiro patrão de meu pai pediu pra eu aliviar ele paguei um boquete o coroa pirou, só faltou querer me dar a fazenda ofereceu a alma. Depois foi Sr. Luiz cair na besteira de ajuda-lo no Bar deu tanto lucro meus machos vieram todos secaram o estoque do homem ele agradecido, comeu meu cu gostou tanto que queria por divina força que eu metesse na mulher dele D. Eugenia por muito insistir comi a coroa ficava dizendo as mulheres todas ‘e eu que pensei que o menino era viado’ me comeu toda dos pés a cabeça como nenhum macho na vida.Ai me desgracei todo era prima, tia, vizinha, as carolas da igreja, tudo querendo fuder e eu doido pra dar meu cu, que porra esse povo não sabe fuder não? me deixem da o cu por favor, preciso de pica muita pica, grande, grossa, fina, comprida, pequena, roliça, qualquer pica mais quero pica. Até a mulher do meu Pai D laura apelou e olha que Bené fez um estrago nela daqueles. Ainda bem que chegou a epoca de catadores de laranjas na fazenda o fazendeiro contratou cerca de 200 peões ai sim eu me dei bem eram dez por dia garantido, uma farra, nem queria saber tamanho cor idade rola pequena grande de menor idoso, passei o rodo. teve um dia fui para a cabana do fazendeiro e esvaziei a fazenda de peão, levei 50 passei todos chupei todos fiz todos gozarem no meu cu na minha cara, na minha bunda, na minha mão, nos meus pés, tomei banho de gala, no outro dia estava só o bagaço todo galado melado meleguento, a cabaninha levou uns dez dias aberto pra sair cheiro de sexo. Sr. Luiz disse que pelo menos 15 peões pegaram uma fraqueza da porra, tremia tudo nunca se vendeu tanto vitamina na vila. Cumprir minha obrigação, matei minha fome de pica desloquei o maxilar de tanto chupar pica, meus irmãos ficaram com uma raiva da porra os caras só queriam minha bunda, graças a Deus. Fui me confessar, o Padre só de me escutar bateu quase trinta punhetas, só ouvindo o que os caras me fizeram. Fiquei em jejum de sexo uma semana pra pregas voltarem ao lugar e o maxilar tambem. Escalei mais 50 peões pra proxima semana tem peão pagando pra ir primeiro conseguir receber tres picas de vez no cu cinco na boca, engoli cerca de 5 litros de porra era gala que não acabava mais.