Minha primeira mamadeira

Click to this video!

Meu nome é Flávia, morava com minha mãe depois da separação dos meus pais. Minha mãe era nova e sempre estava a procura de um novo amor, por isso sempre tinha um namorado novo em nossa casa. Ela sempre saia com uma amiga também solteira para baladas a procura de um amor. Como eu era muito nova para entender, ficava em casa vendo TV até ela chegar. Quando ela arrumou um homem, onde o relacionamento parecia mais serio, ela passou a trazer ele para dormir aqui em casa. Quando eu já tinha 12 anos, os três na sala assistindo TV, o clima entre eles começou a esquentar. A sala estava somente com a luz da TV, eles pensaram que eu estava dormindo, quando vi minha mãe subir no colo dele e enrolada nos lençóis subir e descer no colo dele. Com medo de eu acordar, minha mãe saiu em direção ao seu quarto e ouvi ele dizer que não tinha gozado e foi atrás. Levantei sem fazer barulho e fui espiar os dois. Na certeza de que eu estava dormindo não fecharam a porta, e vi minha mãe sentada na cama com o pinto dele na boca. Desconhecia o que minha mãe fazia com aquela coisa nojenta na boca. Voltei para meu quarto para dormir. Outra vez escutei minha mãe falar baixinho que não gostava de tomar o leite dele, fiquei sem saber do que eles estavam falando. Mas ele dizia que ia ensinar ela a gostar do seu leitinho. Ficava sempre fingindo dormir para conseguir ver eles transando. Mas a vez que pude assistir de perto sem ser vista, foi quando cheguei da casa de uma amiguinha e em vez de entrar em casa, fui até o corredor da casa para lavar as mãos na torneira do pátio. O quarto da minha mãe estava com a janela aberta e com uma cortina fininha, minha mãe estava de quatro na cama e o meu padrasto com seu pinto dentro dela e ela gemendo muito, parecia que estava sendo machucada por ele. De repente ele tirou seu pinto dela e colocou em sua boca, e pude ver ela recebendo o leite que saia de seu pinto e lambendo o que escorria da ponta do pinto dele. Aquelas senas marcaram muito minha vida e me encheram de curiosidade sobre chupar pinto de homem. Um dia no sofá da sala de casa, eu estava dormindo no colo e meu padrasto usando sua perna de travesseiro para mim. Quando escuto minha mãe dizer que precisava ir no banheiro, quando ela bate a porta e liga o chuveiro eu desperto de vez. Ele faz um cafuné para eu voltar a dormir, fingindo sonolência, coloco a mão no pinto dele, levanto a cabeça para ver como ele estava reagindo, também de olhos fechado fingindo que dormia, achando que era muito esperta, aproveitei que ele dormia e tirei seu pinto pra fora, estava tão pequeno que não parecia o mesmo que mamãe chupava. Coloquei primeiro a língua para saber que gosto tinha, estava meio mole porque havia de transar com minha mãe, como ele dormia, coloquei todo na boca, depois de chupar por algum tempo, o pintinho se transformou num galo cheio ne veias, agora meu objetivo era provar o leite, que saiu tão pouco que pude tomar todo. Outra noite no meu quarto ele conversando comigo, pegou no sono, como ele dormindo podia estar com o pintão bem duro, já sabendo que ele tinha o sono pesado, coloquei o pinto na boca, me deliciei até esguichar uma quantidade por mim desconhecida até então, mesmo assim não perdi uma só gota. Minha mãe o chama para ir para quarto para dormir. Sempre que estávamos juntos ele sempre dormia e um se aproveitando do outro. Até que ele quis tirar minha virgindade e não deixei e nunca mais fiz nada com ele, ele deixou minha mãe e nunca mais o vi. Arrumei outro meninos para tirar seus leites, agora acordados, sempre tinha um disposto a encher minha boca.