Família que brinca unida acaba em putaria

Click to this video!

Eu me chamo Luana tenho quatorze anos, magrinha, um bumbum meio levantado e peitinhos pequeno, meu irmão mais novo Tiago é um pouco gordinho mas é muito levado, meu pai é alto a bastante brincalhão, minha mãe é bastante séria e tem uma bunda de fazer inveja a guria nova.
Eu sempre gostei de brincar de luta tanto com papai tanto com meu irmão, com papai eu acabo sempre ficando presa sentado em seu colo e ele mordendo meu pescoço dizendo que era vampiro. Já com meu irmão eu sempre ganho a luta, ele pede pra me pegar por traz e dis pra eu tentar sair, eu sempre consigo, ele não desiste e pede pra me pegar de novo, eu deixo porque sinto uma coisa gostosa roçando minha bunda. Quando é com papai é mais duro e maior, mas mesmo assim é legal também.
Sempre que estamos brincando minha mãe fica brava e acaba com a brincadeira, até com papai ela fica brava, mas ele diz que ela é muito chata, e continua brincando assim mesmo. Até que um dia mamãe viajou pra casa de meus avós, vovô estava doente, ela ia ficar lá por alguns dias e acabou ficando quase um mês.
A noite, logo quando a empregada saia papai chegava do trabalho e me chama pra lutar com ele, eu sabia o que ele queria, mas como eu também gostava ia lutar com ele, até que ele dizia já tá bom, vai lutar com seu irmão que eu vou tomar banho. Ele saia e meu irmão entrava na brincadeira. Dias depois eu já brincava só de calcinha e papai só de cueca, logo meu irmãozinho Tiago começou a brincar também só de cuequinha, então eu saia da frente dele e pegava ele por traz, ele tentava sair, mas quando eu punha a mão no piruzinho dele ele ficava quietinho.
Um dia papai estava já no banho e eu brincava com Tiago, então me deu vontade de ficar pelada e falei pra ele também ficar e aí começou, primeiro ele esfregando seu pintinho na minha bunda e depois eu segurando ele por traz e punhetando ele. No momento que fazia isso papai saiu do banheiro e veio por traz e agarrou nos dois de uma só vez, eu na brincadeira tentei sair, então papai disse segura a mão dela Tiago, não deixa ela sair que eu vou chupar todo o sangue dela, e começou mordendo meu pescoço foi beijando minhas costas e morder minha bunda.
Ai papai tá doendo dizia eu brincando, e ele dizia eu vou comer essa bundinha todinha e voltava a morder, depois passou a lamber meu cuzinho e minha xaninha. Nesta hora eu já punhetava Tiago como uma tarada e senti que ele gozou na minha mão e eu também gozei pela primeira vez. Então papai parou de brincar e disse agora vão tomar banho que tá na hora de dormir.
No outro dia fiquei ansiosa pra que papai chegasse eu queria brincar com ele também pelado. Logo depois da janta eu chamei papai pra brincar de luta, então ele disse: hoje eu vou tomar banho primeiro, vai brincando com seu irmão que depois eu venho. Então eu disse: mas papai o senhor vai brincar pelado também… ele balançou a cabeça e mandou eu lutar com Tiago. A história então repetiu, só que dessa vez eu fiz questão de demorar mais pra sair e senti a piruzinho de Tiago esfregando gostoso na minha xaninha e na minha bundinha. Depois eu virei ele e comecei a punhetá-lo.
Foi quando papai chegou e começou a morder o meu pescoço, minha bundinha, chupar o meu cuzinho, não demorou muito senti pela primeira vez o pau de papai entrando no meu cuzinho, era uma dorzinha gostosa, ele enfiava de vagarinho, eu fui acostumando, até que gozamos nós três. Na outra noite depois da janta papai disse que tomaríamos banho todos juntos, então fomos, logo papai me ensinou como chupar o pau dele, e depois mandou eu chupar Tiago, enquanto mamava no piru de Tiago papai voltou a enfiar seu pau no meu cuzinho. Então eu disse animada, ah! Papai, o seu pau na minha bunda é muito gostoso, voltei chupar Tiago até ele gozar.
Ficamos quatro dias sem brincar com papai, mas com Tiago a putaria comia solta. Até que papai chamou pra gente brincar na cama, na hora que começamos a luta, Tiago disse: papai, Luana disse que no cuzinho é muito gostoso, eu posso experimentar? Papai disse: claro meu filho, vem Luana, vira a bunda pro seu irmão, então ele disse: na bunda de maninha não, eu já comi várias vezes, eu quero é sentir o teu pau papai. Então papai disse: tá bom, mas é só uma vez, se não você acaba perdendo a vontade de brincar com sua irmã.
E foi assim que aconteceu, até que mamãe chegou, e como ela gostava muito de Tiago eu disse um dia pra ele, comesse brincando com a mamãe de vampiro. E assim fez Tiago, semanas depois eu já via Tiago levantando o vestido de mamãe e mordendo a bunda dela por cima da calcinha. Era só mais alguns dias e contaria pra papai e ele entrar na festa.