Eu Sou uma Cadela

Click to this video!

oi meu nome e fatima tenho 35 anos sou morena solteira todos que me vem diz que sou muito gostosa dizem ate que sou rabuda e tenho seios tipo bom de fazer espanhola mas só fiz amor com um homem só na vida e não gostei muito meu negocio e cachorro mas vou contar como eu descobri que o melhor amante e o cachorro. tudo começou quando eu tinha meus 16 anos eu minha família morávamos no sitio no interior meu pai trabalhava na cidade e minha mãe também eu e minha irma mais velha que eu que vou chamar de lia nos ficávamos sozinhas em casa mas a minha irma as vezes ia pra casa de suas amigas e eu ficava sozinha na casa. e uma dessas vezes que lia ia na casa das amigas eu pedi se podia ir junto pois estava cansada de ficar sozinha no sitio foi ai que conheci luis um rapaz bom bonito começamos a ficar juntos ate que um dia ele quiz meter comigo com muito custo eu liberei pra ele mas nao foi como eu esperava como eu nao gostei terminamos semanas depois ai nao queria mais sair de casa minha irma saia e eu ficava no sitio um dia falei pra minha mae arrumar um cachorinho pra me fazer companhia um pequenino que pudesse ficar dentro de casa minha mae falou que ia falar pro meu pai arrumar um mas qual foi minha surpresa meu pai touxe um enorme cachorrao peludo da raça pastor alemao quando eu vi me assustei mas minha mae disse pra mim nao ficar comedo pois ele era docil e realmente era ele muito manso dava ate do muito brincalhao e fofo nossa na hora ja gostei dele ele bem cuidado tudo certo adorava ficar com ele ele dormia com a gente no quarto um amor de cachorro minha irma lia gostava de dormir fazendo ele de travesseiro ele muito fofo um dia de madrugada acordei com um barrulho estranho que vinha do banheiro que tinha no nosso quarto resolvi levantar e ver oque era o barulho pra minha surpresa vi minha irma chupando a rola do fofo como eu chamava ele nossa nao sabia se me espantava com minha irma chupando ou se pelo tamanho da pica do fofo enorme parecia um poste de grande e grosso mal ela conseguia abocanhar tudo aquilo resolvi deixar eles ali e voltei pra cama meia hora depois eles sairam do banheiro eu fingindo dormi vi ela com um sorrisao feliz fiquei com raiva pois ela tinha namorado dava direto pra ele e agora o fofo gozava na boca dela tambem fiquei a noite mal dormi pensando po nao e justo o cachorro e meu no dia seguinte minha irma e meus pais iam em uma festa na cidade mas eu nao quiz ir pois tinha um programa melhor eles so voltaria outro dia a noite chegou la estava eu e fofo a sos fui tomei um banho dei uma geral na minha bucetinha era hoje que eu ia experimentar ja torcendo pra nao ter outra decepçao como eu tive com o pintinho do luis mais isso ja passou agora e a hora de ver como vai ser levei fofo no quarto como ele ja gostava de la eu fechei a porta tirei as roupas fiquei pelada e fui pra perto dele que ja me recebeu feliz me lambendo eu disse safado ja esta acostumado com ela ne mas hoje voce vai foder uma buceta apertada e nao uma que ja e toda arrombada sim pois minha irma lia ja tinha rodado os meninos todos da escola nossa como ele lambe gostoso que lingua boa eu ja doida reslvi retribuir quando vi aquele batonzinho saindo da capa cai de boca chupa da qui da li um tesao de doida me envadiu e na hora parei de chupar e fiquei de quatro na frente daquele macho que nao esperou eu chamar ja foi logo trepando em minhas costas e com as patas me apertou a cintura e me puxou pra tras e sem do e piedade empurou a tora na minha buceta eu berrei como uma cabrita tentei sair mas ele nao me deixou me segurou firme e no vai e vem empurou o final nossa desmaiei de tesao e dor ao voltar senti algo me puxando pra tras ai olhei era fofo de bumba comigo estavamos grudados ai que senti aquelas bolas de sinucas atoladas na minha buceta reganhada nossa nao senti dor mais sim um tesao enorme e gozei como nunca ficamos bastante tempo grudado na hora de soltar um jorro de porra saiu da minha buceta depois desse dia nao parei de dar pro cachorro foi assim que descobri que prazer e so com eles bjuus ate a proxima.