Pagando dívida pro agiota

Click to this video!

Ola, sou loira, olhos verdes tenho 28 anos e cinco de casada. Meu marido fez uma divida enorme com um agiota e não conseguia pagar; vi seu desespero, mas não podia ajuda-lo, pois não tinha recursos financeiros para isto. O Dr. Eduardo, agiota tinha 50 anos, era moreno muito bonito e charmoso, porém não perdoava divida de ninguem. Ele ligou e disse que passaria no sabado para receber pelo menos metade da divida, e meu marido resolveu ir para São Paulo, pois moramos em Curitiba, para ver se conseguia algum dinheiro com os amigos ou parente. Fiquei em casa e no sabado por volta das 16.00 horas o Dr. Eduardo chegou e perguntou pelo meu marido, eu disse que estava em São Paulo atrás de dinheiro, porém antes eu tinha colocado uma camiseta sem sutiã e uma mini saia onde deixava minha lindas pernas totalmente a mostra, e com certeza como fazia um calor terrivel, estava sem calcinha. O Agiota me vendo daquele jeito deslumbrante, disse que voltaria na segunda feira, porém pediu algo para beber pois estava muito calor,
peguei uma cerveja e ofereci para ele chegando bem perto do velhão, ele tremeu ao me ver tão perto, eu disse a ele que estava disposta a ajudar meu marido, mas não sabia o que fazer pois estava desempregada. O Edu como vou chamar a partir de agora, perguntou se estava disposta a tudo mesmo, se faria tudo pelo meu marido,e eu disse que sim. Então ele me propos que eu tirasse a mini saia e ficasse só de calcinha ele me daria uma das notas promissorias,,,sem saber que eu estava sem calcinha, eu disse que sim, ele pegou no bolso e me entregou a promissória e eu rasguei, tirei a blusinha e deixei meu peitinhos a vista, o Edu ficou louco, mas disse que o trato era tirar a saia; eu disse para ele que não podia pois estava sem calcinha; o velho ficou louco e pegou no bolso mais duas promissórias e disse, tai a metade da divida do seu marido quero ver voce nua e dar uma chupadinha na sua bucetinha; eu me fiz de dificil, mas na realidade minha bucetinha já pedia uma traição no meu marido a muito tempo, e agora seria por uma boa causa. Rasguei a duas promissórias e tirei a saia, o velho arrancou a roupa correndo deixando a mostra um lindo cacete moreno enorme e duro, mas eu disse a ele que o trato era so um chupadinha na bucetinha, ele disse tudo bem que me faria gozar na sua lingua e depois eu teria que bater uma punhetinha para ele para ele gozar. Dito e feito quando ele me chupou eu fui as nuvens, não me lembro de ter recebido uma chupada daquele jeito, gozei varias vezes na lingua do velhão, depois peguei o cacete dele para bater uma punhetinha, mas não resisti e retribui a ele chupando aquele cacete maravilhoso, levando ele a um gozo descomunal, e recebendo seu leitinho na minha boca. Ficamos ali no sofá uns minutos, mas na realidade eu queria ser penetrada por ele, foi quando senti ele me acariciando peguei em seu cacete estava duro de novo, naquele momento decidi que ele iria me comer bem gostoso pois eu estava adorando e sentindo o maior tesão por aquele homem; ele me virou de quatro no sofá e encostou aquele cacete duro na entrada da minha bucetinha e foi penetrando vagarosamente, senti centimetro por centimetro aquele cacete maravilhoso me penetrando, ele começou a estocar vigorosamente me levando ao delirio e a varios orgasmos, gozei como nunca, e ele também gozou um monte dentro da minha bucetinha. Nos beijamos e ele foi embora e disse que me ligaria na outra semana. Meu marido retornou no domingo de São Paulo sem dinheiro e apavorado pois tinha medo do D.Eduardo fazer algo com ele, foi quando disse a ele que eu o amava muito e se poderia fazer algo por ele qualquer coisa para tirar ele daquela situação, ele me perguntou o que, eu disse o velho não tira os olhos de mim, o que acha, ele ficou pensativo e disse, pode fazer qualquer coisa isto demostra seu amor por mim, foi quando mostrei a ele as tres promissorias rasgadas com o pagamento da metade da divida, contei a ele em detalhes o que tinha acontecia, e fomos para a cama e trasamos como nunca, nunca tinha sentido meu marido com o pau tão duro e com tanto tesão, gozamos um monte, se gostarem contarei depois como terminei de pagar o resto da divida e como peguei o dinheiro para comprar um carro com o Edu, meu amante a mais de dois anos com o consentimento de meu maridão maravilhoso…beijos.